16ª edição do FEST em agosto com sessões drive-in em Espinho, Porto e Lisboa

Festival FEST adiado para agosto

A 16ª edição do FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema, que habitualmente decorre em junho na cidade de Espinho, foi hoje oficialmente adiado para agosto devido à pandemia da Covid-19.

No comunicado divulgado pela direção do festival, a edição 2020 vai decorrer entre 2 a 9 de Agosto. O Centro Multimeios de Espinho e um Cinema Drive-In instalado na cidade, com as regras de higienização, distanciamento social e segurança adequadas, vão albergar o festival.

Apesar da programação principal estar centrada em Espinho, o FEST alargará o seu raio de ação com sessões em simultâneo no Porto e em Lisboa, numa mudança com que a organização “pretende reforçar o seu compromisso com a sala, enquanto espaço para a mostra de cinema, e com os espectadores, enquanto consumidores acérrimos do mesmo”.

A direção do certame realça ainda que se mantém fiel à missão de dar a conhecer algum do melhor cinema emergente mundial e que estão focados no Programa de Cinema, reforçando, agora mais que nunca, “o nosso compromisso de mostrar algum do mais interessante novo cinema, numa altura em que os realizadores emergentes enfrentam novas dificuldades para a mostra dos seus filmes”.

O FEST – Pitching Forum mantém-se nesta edição, mas no formato de streaming devido às medidas de restrição decretadas pelo governo português, para permitir que “cineastas de todo o mundo apresentem os seus projetos a um painel de distribuidores, produtores e investidores de topo, para uma possibilidade de ganharem prémios de desenvolvimento e coprodução”.

Por não estarem reunidas as condições necessárias para a sua realização, o Training Ground, o Director’s Hub e as Industry Meetings ficam adiados para o próximo ano. Em alternativa, serão organizadas, ao longo do ano e em formato online, conversas, entrevistas e debates que possam manter aberto o espaço de discussão

Artigos relacionados