1º Fórum MUTIM sobre as desigualdades de género no Cinema e Audiovisual

A MUTIM – Mulheres Trabalhadoras das Imagens em Movimento vai realizar o primeiro Fórum, que tem lugar de 22 a 24 de Novembro no Goethe-Institut em Lisboa, com o objetivo é abordar e debater a desigualdade de género no sector do cinema e audiovisual em Portugal, nos mais variados cargos à frente e atrás das câmaras, envolvendo profissionais, académicas e líderes da indústria, com vista a uma real transformação do sector.

No centro das atividades está a apresentação dos resultados finais do estudo “A Condição da Mulher nos Sectores do Cinema e do Audiovisual em Portugal”, o primeiro e único estudo desenvolvido em Portugal sobre as profissionais da área e as narrativas de representação da mulher nos media dominantes, realizado pelo Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da Universidade Católica Portuguesa e coordenado pela Professora Catarina Duff Burnay.

Os dados incidem sobretudo na análise das diferenças salariais, onde se revela uma maior proporção de homens face a mulheres a beneficiar de salários mais elevados e um número muito mais elevado de mulheres nos escalões remuneratórios mais baixos, além de indiciarem haver discriminação de género e assédio em contexto de trabalho, assim como um enorme desequilíbrio no Apoio à Produção, com as mulheres a representarem uma esmagadora minoria dos projetos a receber financiamento, assim como é também notória a falta de representatividade nos conselhos de administração e outros órgãos de gestão dos grupos de media audiovisuais portugueses, assim como nas direções de organismos públicos do sector, como o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) e a Cinemateca.

Promovido pela MUTIM em parceria com a XX Element Project, o estudo tem o apoio do ICA, da APIT – Associação de Produtores Independentes de Televisão, e da Netflix, que se associou a esta iniciativa desde o início. A revelação dos impactantes dados finais do estudo são então o ponto de partida para três dias de encontro e debate entre alguns dos principais agentes do Cinema e Audiovisual em Portugal.

No Goethe-Institut em Lisboa, o 1.º Fórum MUTIM conta, desde logo na cerimónia de abertura, com a participação de nomes influentes como Esperanza Ibáñez, diretora de relações institucionais da Netflix Espanha e Portugal, Jana Binder, diretora do Goethe-Institut Portugal, e Leonor Silveira, Instituto do Cinema e Audiovisual.

No arranque do evento, às 14:30h, com entrada gratuita, a Professora Catarina Duff Burnay apresenta as conclusões do estudo cujos dados servem de matéria para os vários painéis de debate como “Objetivo 50/50 – Casos de Sucesso e outras Realidades”, “Qual a responsabilidade das empresas e instituições? e o primeiro dia termina com o lançamento oficial do diretório de profissionais mulheres do cinema e audiovisual, que estará disponível publicamente no site oficial da MUTIM.

No dia 23 de Novembro, a mesa-redonda “Cinemas do meu país: história, arte e associativismo de mulheres em Portugal” junta as académicas Kitty Furtado, Carla Baptista, Lígia Ferraz e Vanda Gorjão, numa conversa moderada pela Professora Mariana Liz sobre o passado, presente e futuro das mulheres no cinema e audiovisual. O dia termina com uma sessão reservada a associadas da MUTIM com Verónica Fernández, diretora de conteúdos de ficção da Netflix Espanha e Portugal. O Fórum encerra com uma masterclass de Direção de Fotografia com a premiada realizadora Leonor Teles, no dia 24 às 10h, no auditório do Goethe-Institut Lisboa.

Mais informações sobre o 1º Fórum no site oficial do MUTIM.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados