“355”:Thriller de espionagem com Jessica Chanstain adiado para 2022

Filme 355 adiado para janeiro de 2022

Previsto para estrear em janeiro de 2021, o thriller de espionagem internacional “355” (The 355), do realizador Simon Kinberg (X-Men: Fénix Negra), só vai chegar às salas de cinema um ano depois da data inicialmente programada. A Universal Pictures decidiu adiar o filme para 15 de janeiro de 2022.

Recheado de estrelas, o elenco apresenta Jessica Chastain (Ava) a liderar uma equipa de agentes secretos femininos para enfrentar um inimigo invisível.

Lupita Nyongo’o (Star Wars: A Ascensão de Skywalker), Penélope Cruz (Wasp Network – Rede de Espiões), Diane Kruger (The Operative – Agente Infiltrada), Fan Bingbing (Salva-te Se Puderes), Edgar Ramírez (Resistência) e Sebastian Stan (Verdade Debaixo de Fogo) completam o elenco principal.

O trama do filme acompanha a agente da CIA, Mason “Mace” Brown (Chastain) que precisará de unir forças com um grupo altamente qualificado de agentes de todo o mundo para recuperar uma arma ultrassecreta que caiu nas mãos de uma poderosa organização de mercenários.

Para esta letal e alucinante missão, reúne a violenta e rival agente alemã Marie (Kruger), a ex-aliada do MI6 britânico e especialista em computação Khadijah (Nyong’o), e a habilidosa psicóloga colombiana Graciela (Cruz), ao mesmo tempo que terão de estar um passo à frente da misteriosa Lin Mi Sheng (Bingbing), que rastreia todos os seus movimentos. Ao longo do caminho, tornam-se amigas e formam a facção 355, para derrotarem o inimigo em comum.

O filme foi desenvolvido através de uma ideia original de Chastain, inspirada na Agente 355, codinome de uma espia feminina durante a Revolução Americana, uma das primeiras dos EUA e do mundo, com a esperança de ser transformada numa nova franquia, ao estilo das franquias de espionagem “Bourne”, “Missão Impossível” e “James Bond”, visando alterar um género dominado por homens, com um verdadeiro conjunto feminino.

Artigos relacionados