4ª edição do ArteKino Festival: 10 filmes para ver gratuitamente online

Já arrancou a 4ª edição do ArteKino Festival, um evento pioneiro lançado em 2016 pelo ARTE e o Festival Scope, e dirigido a todos os amantes e frequentadores natos de cinema oriundos de toda a Europa que queiram descobrir uma seleção de algumas das mais originais e estimulantes produções europeias do ano.

Pensado como um evento completamente gratuito e online, entre os dias 1 e 31 de dezembro, os espetadores podem através do site ArteKino Festival ou das apps ArteKino para iOS e Android, selecionar dez filmes de dez versões legendadas (Alemão, Espanhol, Francês, Húngaro, Inglês, Italiano, Polaco, Português, Romeno e Ucraniano).

As dez longa-metragens, incluindo sete primeiros filmes, falam de dez países, dez línguas e dez culturas, cada um à sua maneira. Estes confirmam a grande diversidade da Europa, unida, mas rica nas suas diferenças, resistindo à tentação de se esconder atrás das suas identidades nacionais. O projeto ArteKino divide-se em duas partes, sendo o grande destaque o festival que decorre em dezembro, e a seleção ArteKino,em que um filme ou um ciclo de filmes disponível está disponível todos os meses gratuitamente ao longo do ano.

Quando o espetador acabar de ver o filme, tem a oportunidade de lhe dar uma pontuação de 1 a 5. O filme com a pontuação mais alta receberá o Prémio Europeu do Público num valor máximo de 20.000 €, um prémio que a organização pretende dividir entre o realizador, o produtor e o distribuidor internacional, para que o filme tenha uma distribuição geográfica internacional mais alargada.

Para Portugal estão disponíveis os seguintes filmes:

– “Chanson Triste”, de Louise Narboni (França)
– “Messi et Maud”, de Marleen Jonkman (Países Baixos/Alemanha)
– “Normal”, de Adele Tulli (Itália/Suécia)
– “Psychobitch”, de Martin Lund (Noruega)
– “Selfie”, de Agostino Ferrente (França/Itália)
– “Sons of Denmark”, de Ulaa Salim (Dinamarca)
– “Stitches”, de Miroslav Terzic (Sérvia/Eslovénia/Croácia/Bósnia e Herzegovina)
– “Thirst”, de Svelta Tsotsorkova (Bulgária)
– “Thirty”, de Simona Kostova (Alemanha)

Para mais informações consulte o site da ArteKino Festival.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *