5º Festival Olhares do Mediterrâneo – Cinema no Feminino de 27 a 30 de setembro

Festival Olhares do Mediterraneo 2018

O Cinema São Jorge, em Lisboa, vai acolher de 27 a 30 de setembro, a 5ª edição do Festival Olhares do Mediterrâneo – Cinema no Feminino, que mais uma vez vai apresentar filmes resultantes do trabalho criativo de mulheres de países do Mediterrâneo ou que, não o sendo, trabalhem num deles, com o objetivo de mostrar as suas obras e divulgá-las ao público português, pois dificilmente encontrariam em Portugal um circuito de exibição.

A programação é constituída por secções competitivas, não competitivas e diversos programas paralelos, onde serão apresentados 51 filmes, estando a abertura do festival a cargo de “Figlia Mia”, um drama de Laura Bispuri, que conta a história de Vittoria, uma menina de 10 anos disputada por duas mães.

A competição geral de longas-metragens é composta por seis filmes, entre os quais, o de abertura. Já na de curtas-metragens, concorrem mais de 20 produções. Na competição temática Travessias, concorrem filmes que dão evidência a assuntos como migrações e crise dos refugiados, entre os quais, “Avant La Fin De L’Été”, de Maryam Goormaghtigh, que vai encerrar o festival, uma comédia documental sobre amizade, encontros de Verão, diferenças culturais e a necessidade de reforçar os laços com as almas gémeas quando se vive no estrangeiro.

12 filmes associados a dez países diferentes do Mediterrâneo vão ser exibido na secção Começar a Olhar, que pretende valorizar filmes feitos em vários contextos de formação, desde escolas de cinema, a oficinas de curta ou maior duração.

A programação incluí ainda a Mostra Diários do Vale do Jordão, onde serão apresentados dois vídeos realizados por Khadijeh Bsharat e Nivin Bsharat, voluntárias de B’Tselem, um colectivo israelita contra a ocupação, seguido de um debate moderado pela investigadora Silvia Di Marco com Shahd Wa.

Na programação paralela encontram-se as exposições de fotografia Instantâneos Mediterrânicos, um Tríptico Grego, a exposição/instalação Campos de Batalha, debates, workshops, masterclasses, uma degustação de cerveja artesanal e a Cerimónia Marroquina do Chá, terminando com dois concertos. Tal como nas edições anteriores, a organização não se esqueceu dos mais pequenos e o programa familiar da secção Olhares para Crianças foi reforçado, assim como, o de Olhares para Escolas.

Para mais informações sobre a 5ª edição do Festival Olhares do Mediterrâneo, consulte o site oficial.

Artigos relacionados