7ª edição do Family Film Project – 15 a 20 de outubro na cidade do Porto

7ª Edição do Family Film Project 2018

Está de regresso à cidade do Porto o Family Film Project – Festival Internacional de Cinema de Arquivo, Memória e Etnografia, um evento que começa hoje (15) e se prolonga até ao dia 20 de outubro. Já na sua 7ª edição, o festival voltará a ter enfoque nas paisagens familiares e no cruzamento entre a intimidade e o olhar etnográfico.

A abertura do festival está marcada para esta noite, às 21:30 horas, no Cinema Passos Manuel, com a reposição do filme vencedor da edição do ano passado, “A Grande Nuvem Cinza”, do brasileiro Marcelo Munhoz.

O artista convidado do Family Film Project 2018 é Daniel Blaufuks, que apresentará nas duas últimas noites do festival uma seleção de quatro filmes experimentais: “Sob Céus Estranhos (2002)”, “The Absence (2009)”, “Carpe Diem (2010)” e “Como Se (2014)”.

Esta edição conta com os teóricos norte-americanos Bill Nichols e Paula Rabinowitz como convidados para as duas masterclasses que se vão realizar no Passos Manuel: “In the Beginning”, dia 17 de outubro, às 15h00, orientada por Nichols e “Cold War Dads: Fathers and the National Security”, dia 19 de outubro, às 15h00, a cargo da socióloga e historiadora Rabinowitz.

Também no dia 17, será apresentado o livro “Unframing Archives”, uma obra que reúne textos de Andrzej Marzec, Bill Nichols, Catarina Mourão, Deirdre Boyle, Éfren Cuevas, Fernanda Fragateiro, Filipe Martins e Miguel Leal, sobre o cruzamento entre o cinema, as artes e o arquivo. Ainda neste dia, às 21:30 h, no Passos Manuel, estreia no festival a longa-metragem “Marias da Sé”, de Filipe Martins, híbrido entre o documentário e a ficção, protagonizado pela comunidade da Sé do Porto .

O Passos Manuel também vai acolher em permanência ao longo do festival um conjunto de vídeo-instalações, com a exibição de três filmes selecionados pela sua particular plasticidade visual e sonora, que convidou irresistivelmente a uma reinterpretação do seu modo de exibição. No bar Maus Hábitos, terá lugar o ciclo de performances “Private Collection”, com nomes como Joana Craveiro, Jorge Gonçalves e Miguel Bonneville e no Coliseu do Porto decorrerá a Oficina para Crianças – Balletteatrinho.

Entre os filmes em competição estarão curtas e longas-metragens provenientes de vários países, que de acordo com a organização, abrangem desde o documentário ao experimental, da dimensão sensológica à crítica social, do registo intimista do “home-movie” às paisagens temáticas e etnográficas.

Os bilhetes para os concertos e performances são gratuítos, tal como, para as Masterclasses, neste caso, mediante inscrição prévia. Para as sessões de cinema o bilhete custa 3€ e o Passe Geral, que dá acesso a todas as atividade do evento, pode ser adquirido por 8€. Para os estudantes a entrada é grátis.

Confira mais detalhes sobre a programação e horários no site oficial do Family Film Project.

Artigos relacionados