“A Ciência contra o Terrorismo”: 4 documentários para ver no canal Odisseia

Canal Odisseia estreia a série A Ciência contra o Terrorismo

A partir desta quinta-feira, 4 de fevereiro, às 22:30h, o canal Odisseia estreia “A Ciência contra o Terrorismo“, a série documental que viaja até aos laboratórios secretos que utilizam a ciência de vanguarda para proteger o nosso mundo da ameaça do terrorismo.

Nos últimos anos, equipas de engenheiros, peritos em informática e investigadores da realidade virtual, têm trabalhado em conjunto, no sentido de encontrar soluções para combater o terrorismo internacional.

Bioterrorismo” é o título do primeiro dos 4 documentário com qualidade 4k que fazem parte desta série, que vai revelar de que forma os investigadores, fabricantes e exércitos estão a desenvolver ferramentas de última geração para identificar e neutralizar os agentes mais tóxicos. O trabalho recorda que, desde os ataques do 11 de Setembro, o mundo tem sido abalado por um terrorismo a grande escala que tem desencadeado uma luta por conseguir armas cada vez mais destrutivas.

Imagem da série A Ciência contra o Terrorismo

Segue-se a 11 de fevereiro, às 22:30h, “Robótica“, em que mostra como é que os cientistas, engenheiros e fabricantes estão a desenvolver sistemas robóticos para os países mais ameaçados. Imitar reações humanas, detetar ameaças ou libertar as forças de segurança de situações extremas, são apenas algumas das soluções que a robótica já proporciona e que serão reveladas nesta produção.

Os atentados de Nova Iorque obrigaram as unidades antiterroristas a mudar o seu modus operandi. Agora, devem atuar mais rapidamente e com menos informação porque enfrentam um inimigo equipado e preparado para morrer. Em “Soldado do Futuro“, com estreia a 18 de fevereiro, pelas 22:30h, veremos cientistas e investigadores de todo o mundo a trabalhar no desenvolvimento de novos equipamentos que melhorem os sentidos dos soldados e aumentem as suas capacidades operacionais.

Por último, “Dados Digitais“, para ver a 25 de fevereiro, também às 22:30h, revela que o ciberespaço é o terreno dos países empenhados na guerra contra o terrorismo. Engenheiros peritos em computação, companhias de segurança e cientistas estão a trabalhar, em colaboração com a polícia e serviços de informação, fornecendo-lhes novas armas, meios de investigação e sistemas de vigilância. Veremos de que forma a Internet se tornou no novo campo de batalha de uma guerra invisível entre os serviços de segurança e os grupos terroristas.

Artigos relacionados