“A Herdade”: Filme de Tiago Guedes é o candidato português aos Prémios Goya

A Herdade - Filme de Tiago Guedes é o candidato português aos Prémios Goya

A Academia Portuguesa de Cinema anunciou esta segunda-feira que o filme “A Herdade“, do realizador portuense Tiago Guedes, é o candidato português a uma nomeação para os Prémios Goya, galardões atribuídos pela Academia das Artes e Ciências Cinematográficas da Espanha com a finalidade de condecorar os melhores profissionais em cada uma das diversas especialidades.

Além de ser um dos candidatos para o Goya de Melhor Filme Ibero-Americano, a longa-metragem também faz parte dos quatro pré-selecionados para uma nomeação para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, junto com “Raiva“, de Sérgio Tréfaut, “Parque Mayer“, de António-Pedro Vasconcelos, e “Variações“, de João Maia, filme sobre o cantor português António Variações que chega aos cinemas a 22 deste mês. O candidato português será anunciado até ao dia 10 de setembro.

A co-produção da Alfama Films, de Paulo Branco, e da Leopardo Filmes, em associação com a CB Partners e Ana Pinhão Moura Produções, conta a saga de uma família proprietária de um dos maiores latifúndios da Europa, na margem sul do rio Tejo, que nos leva a mergulhar nos segredos da sua herdade e a conhecer a vida social, política e financeira de Portugal desde os anos 40 aos dias de hoje, passando pela revolução de abril de 1974.

O filme protagonizado por Albano Jerónimo, Sandra Faleiro, Miguel Borges, João Vicente, Ana Bustorff e Beatriz Brás, entre outros, vai fazer a estreia mundial na competição oficial do Festival de Cinema de Veneza, evento que começa no próximo dia 28. Em setembro será exibido no Festival de Cinema de Toronto.

“A Herdade” estreia nos cinemas portugueses a 19 de setembro. A 24ª edição dos Prémios Goya vai decorrer em Málaga, no dia 25 de janeiro de 2020.

Artigos relacionados