“À Solta na Internet”: Filme sobre abuso de crianças online estreia nos cinemas em outubro

Estreia do filme À Solta na Internet

Um grande número estimado de crianças é confrontado com assédio sexual na Internet. Para documentar a imensa extensão do abuso online, uma equipa de cinema atreve-se a realizar uma experiência polémica: envolvem três atrizes adultas que fingem ser jovens de 12 anos em plataformas de redes sociais e esperam.

A experiência contou com a participação das atrizes Sabina Dlouhá, Anezka Pithartová e Tereza Tezká, e foi gravada no documentário “À Solta na Internet” (V Síti), conhecido internacionalmente por “Caught in the Net”, por Barbora Chalupová e Vít Klusák, filme que a Zero em Comportamento vai lançar nos cinemas nacionais a 21 de outubro.

As três atrizes, maiores de 18 anos mas com ar bem juvenil, fazem-se passar por meninas de 12 anos em falsos perfis nas redes sociais. Em quartos de criança recriados num estúdio, elas conversam através de chats e de Skype com homens de diferentes idades que as procuraram e contactaram online. A maioria destes homens pede-lhes vídeos sexuais e enviam-lhes fotos suas bem explícitas. Alguns até tentam chantageá-las.

O resultado da experiência, que lança uma luz sobre a questão da exploração online de crianças, é chocante: em apenas dez dias, quase 2.500 homens fazem o check-in. Os cineastas expõem os seus procedimentos pérfidos no espaço digital e acompanham as atrizes em reuniões físicas.

Este documentário mostra o drama destas atrizes à medida que as suas personagens vão passando das relações online até ao real encontro com os predadores (vigiado por seguranças e câmaras escondidas). Às tantas, as táticas predatórias viram-se contra os predadores e os caçadores tornam-se as presas

Assista ao trailer legendado e não perca a esta estreia nos cinemas portugueses:

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados