Abusos Sexuais, Mentiras e Vidas Destruídas. Canal ID estreia “How To Create a Sex Scandal”

O canal ID – Investigation Discovery Portugal vai estrear este domingo, 26 de novembro, às 22:00h, o documentário “How To Create a Sex Scandal“, que em três partes faz um retrato de um caso que abalou a cidade de Mineola, no Texas, uma história de abusos sexuais, mentiras e vidas destruídas.

Em 2004, a pacata comunidade foi lançada no caos quando um grupo de quando crianças denunciou histórias chocantes de pedofilia e de abusos sexuais ocorridos num clube de “swingers” local. À medida que começam as detenções e os julgamentos, o quotidiano em Mineola é completamente virado do avesso.

Pessoas são condenadas a penas de perpétua e as suas vidas arruinadas. Mas, fica claro que há muito mais na história a dizer do que realmente aparenta. Seria mesmo verdade o que contavam as crianças? Teriam sido manipuladas pelas autoridades a mentir?

Agora, as surpreendentes repercussões a longo prazo deste escândalo são reveladas. Com voltas e reviravoltas dignas de um thriller de Hollywood, “How To Create a Sex Scandal” é um relato chocante e difícil de acreditar de uma história de crime mais estranha do que a ficção.

Este documentário não só demonstra o quão fácil é fabricar um escândalo sexual, mas também o quão fácil é escapar impune. O génio por detrás de todo o enredo está vivo e de boa saúde na Califórnia. No entanto, o aspeto mais assombroso revelado pelo documentário é o dano psicológico que ainda persiste, tanto para os sete adultos da família Tyler injustamente presos vários anos, como para as cinco crianças manipuladas a mentir.

O resultado final é uma análise implacável e profundamente deprimente do sistema de justiça do Texas. “How to Create a Sex Scandal” fará com que questione a competência das autoridades e o quanto uma única pessoa pode causar tanto dano. É uma história complexa e assustadora.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados