Academia vai conceder um Óscar especial a Alejandro González Iñárritu

Depois de conquistar três estatuetas douradas por “Birdman” e uma por “The Revenant: O Renascido”, Alejandro González Iñárritu vai adicionar à sua coleção mais um troféu. A Academia Americana de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou que vai conceder ao realizador mexicano um Óscar especial.

O prémio foi atribuído pela sua instalação artística “Carne y Arena”, uma experiência de realidade virtual que tem como tema a migração, que foi apresentada este ano no Festival de Cannes, sendo posteriormente exibida em Los Angeles, Milão e na Cidade do México.

Para a Academia, esta distinção especial é concedia “por abrir novas portas de perceção cinematográfica”, descrevendo-a como “uma experiência artística multimédia e cinematográfica, sendo uma aventura imersiva e profundamente emocional no mundo dos migrantes que atravessam a fronteira à luz do amanhecer.”

O prémio será entregue a Iñárritu a 11 de novembro, na cerimónia dos Governors Award, gala em que a Academia atribui os Óscares honorários. Na edição deste ano, os homenageados serão o ator Donald Sutherland e a realizadora Agnès Varda. O Óscar especial foi atribuído pela última vez em 1996 a John Lasseter, pelas técnicas que possibilitaram a criação da primeira animação gerada por computador, “Toy Story”.

A 23 de janeiro de 2018 serão conhecidos oficialmente os nomeados para as várias categorias. A 90ª cerimónia de entrega dos Óscares será realizada no dia 4 de março.

Artigos relacionados