Alejandro G. Iñárritu vai presidir o júri da 72ª edição do Festival de Cannes

Alejandro G. Inarritu vai presidir o Festival de Cannes 2019

Alejandro G. Iñárritu (The Revenant: O Renascido) foi escolhido como presidente do júri da seleção oficial da principal competição da 72ª edição do Festival de Cinema de Cannes, o prestigiado evento francês que vai decorrer entre 14 e 25 de maio.

“Cannes é um festival que tem sido importante para mim desde o início da minha carreira. Sinto-me humilde e emocionado por retornar este ano com a imensa honra de presidir o júri. O cinema corre pelas veias do planeta e este festival tem sido o seu coração. Nós, no júri, teremos o privilégio de testemunhar o novo e excelente trabalho de outros cineastas de todo o planeta. É um verdadeiro prazer e uma responsabilidade que vamos assumir com paixão e devoção”, disse Inarritu num comunicado.

Iñárritu já tem uma relação longa com o festival quando em 2000 venceu a Semana da Crítica com a sua longa-metragem de estreia, “Amor Cão”. Em 2006 conquistou o prémio de Melhor Realizador por “Babel” e em 2010 marcou presença com o drama romântico “Biutiful”. Mais recentemente, em 2017, apresentou-se com Carne y Arena (Flesh and Sand), um projeto em realidade virtual sobre a imigração.

“Ele não é apenas um cineasta ousado e um realizador cheio de surpresas, mas Alejandro também é um homem de convicções, um artista da sua época”, disseram Pierre Lescure, presidente do festival, e Thierry Frémaux, diretor artístico, numa declaração conjunta.

Esta será a primeira vez que um mexicano vai ocupar o importante cargo, sucedendo à protagonista do seu filme “Babel”, a atriz Cate Blanchett, presidente do júri em 2018, que premiou com a Palma de Ouro o filme do japonês Hirokazu Kore-eda, “Shoplifters: Uma Família de Pequenos Ladrões“.

Artigos relacionados