André Øvredal vai dirigir “Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro 2”

André Ovredal vai dirigir sequela do filme Historias Assustadoras Para Contar no Escuro

A Paramount Pictures e a Entertainment One (eOne) estão a desenvolver uma sequela de “Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro” (Scary Stories to Tell in the Dark) e o cineasta norueguês André Øvredal está de regresso para assumir a realização, novamente com um guião escrito por Dan Hageman e Kevin Hageman, argumentistas do primeiro filme.

Não foram revelados detalhes sobre a trama do novo filme, mas sabe-se que voltará a contar com uma história de Guillermo del Toro, baseado na trilogia homónima de livros de terror para crianças, o primeiro publicado em 1981, escritos por Alvin Schwartz e ilustrados por Stephen Gammell.

A trama do primeiro filme leva-nos até ao ano de 1968, nos EUA, onde os ventos da mudança sopram, mas, aparentemente, longe da inquietação das cidades, está a pequena cidade de Mill Valley, onde durante várias gerações se avultou a sombra da família Bellows.

É na sua mansão, na periferia da cidade, que Sarah (Kathleen Pollard), uma jovem com segredos terríveis, transformou a sua vida torturada por uma série de histórias assustadoras, escritas num livro que transcende as histórias de tempo e que se tornam reais demais para um grupo de adolescentes que descobrem o livro na aterrorizante casa de Sarah.

Lançado nos cinemas em 2019, “Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro” arrecadou nas bilheteiras mundiais mais de 105 milhões de dólares, um sucesso comercial, tendo em conta que foi produzido com um orçamento a rondar os US$ 25 milhões.

Artigos relacionados