Angelina Jolie vai dirigir a adaptação do romance “Without Blood”

Angelina Jolie (Maléfica: Mestre do Mal) está de volta à cadeira da realização e também como argumentista. Depois do filme “Primeiro, Mataram o Meu Pai”, lançado na Netflix em 2017, Jolie vai escrever e dirigir o filme “Without Blood“, em que terá como protagonistas Salma Hayek (Casa Gucci) e Demián Bichir (Godzilla vs. Kong).

O filme é baseado no romance “Senza Sangue”, um bestseller internacional do escritor italiano Alessandro Baricco, publicado em 2002, que chegou às livrarias portuguesas sob o título “Sem Sangue”. Na descrição, diz tratar-se de uma história “vibrante e rica de sugestões que sonda a profundidade da alma humana”, um género de thriller psicológico envolto em tragédia e vingança, entre perda e redenção.

“Estou honrada por estar aqui em Itália para levar este material muito especial para o cinema, e de Alessandro Baricco me ter confiado a adaptação do seu livro – com a sua poesia e emoção únicas e maneira de ver a guerra, e as questões que coloca sobre o que procuramos após trauma, perda ou injustiça”, disse Jolie.

Salma Hayek e Demián Bichir

A cineasta também produzirá o seu quinto filme como realizadora em associação com a produtora independente Fremantle, com o qual fechou um acordo internacional de três anos, no passado mês de março. A produção já está em andamento nas regiões de Puglia (Apúlia) e Basilicata, no sul de Itália, bem como em Roma. A data de estreia ainda não foi revelada.

Apesar de ainda não se saber se a história do filme será fiel à do livro, fica aqui a sinopse da obra italiana:

“Quatro homens fortemente armados chegam pela estrada poeirenta. Algo terrível e indescritível está para acontecer entre facções inimigas de uma guerra recém-terminada. A violência e a fúria das represálias logo se instalam na propriedade de Manuel Roca, que obriga Nina, a sua filha pequena, a meter-se num esconderijo debaixo de um alçapão na despensa, a partir do qual testemunhará o assassinato do seu pai e do seu irmão. Após a matança, Tito um dos assassinos, encontra o esconderijo de Nina, mas, com pena da inocência da criança, não diz nada aos seus cúmplices. Décadas mais tarde, Nina é uma intrigante mulher que passeia pela rua quando encontra um já idoso Tito a vender lotaria. Neste encontro, reviverá um novo acerto de contas e revelará até que ponto a traumática experiência da sua infância marcou ambas as personagens, e se serão alguma vez capazes de a superar.”

Artigos relacionados