“António Aleixo, Na Terra Acho, Na Terra Deixo” já disponivel na Zero em Comportamento

Filme Antonio Aleixo na Zero em Comportamento

A partir desta sexta-feira, 25 de setembro, o videoclube da Zero em Comportamento disponibiliza no seu catálogo mais uma produção nacional, o documentário “António Aleixo, Na Terra Acho, Na Terra Deixo“, filme realizado por Carlos Fraga, que procura desconstruir alguns dos mitos e preconceitos em torno do poeta algarvio, ícone da cidade de Loulé e filho de Vila Real de Santo António.

Os seus 50 anos de vida foram suficientes para tornar este homem do povo, num poeta reconhecido pelos maiores da sua época, como Miguel Torga.

Através de depoimento dos filhos, estudiosos, amigos e conhecidos ficamos a conhecer o seu lado humano e íntimo, menos conhecido mas tão rico e interessante, e que é absolutamente necessário para entender a sua obra e para desmistificar a sua figura e certos preconceitos sobre a sua obra. A opinião de algumas pessoas sobre Aleixo está longe do quem ele era.

As entrevistas foram uma fonte de informação muito enriquecedora, onde a emoção também esteve presente, principalmente nas participações dos filhos do Poeta. Para além de entrar nas casas de alguns dos seus descendentes próximos e de recolher interessantíssimos e íntimos depoimentos, o realizador quis que a presença de António Aleixo fosse “real””, através de um actor que o representa em determinadas situações, humanizando a referência à sua figura, fazendo-nos viajar no tempo e aproximando o espectador do artista.

O realizador Carlos Fraga quis dar voz a familiares do poeta que ainda estão entre nós, dando-lhes a oportunidade de nos contarem quem foi este homem, como foi a sua vida e a época em que viveu e, desta forma, ajudar a desmistificar a sua figura e certos preconceitos sobre a sua obra.

Este filme junta-se assim a um já alargado conjunto de documentários dedicados a escritores portugueses, onde se destacam Jorge de Sena, José Saramago, Mário de Cesarinny, Sophia de Mello Breyner Andresen ou Cruzeiro Seixas.

Este foi o primeiro documentário realizado pela Livremeio, sediada no Algarve há mais de 13 anos, após o regresso do realizador Carlos Fraga (cofundador da Livremeio) depois de 25 anos de permanência em Espanha com produtora própria.

O filme está disponível por 3€, durante 72 horas, através do link do filme no videoclube da Zero em Comportamento.

Artigos relacionados