Anunciados os filmes de abertura e encerramento do DocLisboa 2019

DocLisboa 2019 filmes de abertura e encerramento
“Technoboss”, de João Nicolau

A organização do DocLisboa anunciou esta quarta-feira (11), os títulos dos filmes que serão exibidos nas sessões de abertura e encerramento da 17ª edição, que vai decorrer de 17 a 27 de Outubro.

A abrir o evento será projetado “Longas Noites”, o mais recente trabalho de Eloy Enciso, cineasta galego que está de regresso ao festival, depois de em 2012 ter sido participado na competição internacional com o filme “Arraianos” e de ter feito parte do júris, em 2015 e 2017.

O realizador português João Nicolau apresentará “Technoboss” no encerramento do festival , filme que fez a estreia mundial na Compeição do Festival de Locarno, na Súiça, e que estreia nas salas portuguesas de cinema a 7 de novembro.

“Longas Noites”, que também foi exibido pela primeira vez na competição de Locarno e que marcará presença nos festivais de Toronto, Viena e Nova Iorque, apresenta-nos o regresso de Anxo (interpretado pelo artista Misha Bies Golas) à sua vila natal, no meio rural galego. Vozes e memórias ecoam e acompanham os passos tomados por Anxo, num caminho marcado pelo peso da escuridão da noite (e, talvez, da história), pautado por pensamentos, encontros e conversas casuais.

Um filme inspirado em cartas, peças e memórias do regime franquista, que nos conduz a uma reflexão essencial sobre a sociedade espanhola pós-Guerra Civil e, acima de tudo, sobre a sociedade contemporânea: uma viagem de exploração dos alicerces sociopolíticos do fascismo.

Já a produção nacional, apresenta-nos Luís Rovisco (Miguel Lobo Antunes) como um sexagenário divorciado, que, perto da reforma enquanto director comercial da empresa SegurVale – Sistemas Integrados de Controlo de Circulação, é levado até ao Hotel Almadrava, onde se reencontra com uma antiga paixão: Lucinda (Luísa Cruz).

Um momento que despoleta uma forte mudança na vida de Luís Rovisco, que acompanhamos neste filme onde o road-movie e o género musical se cruzam, onde a linha que separa a ficção da realidade, neste retrato ficcional, se torna exponencialmente mais ténue: um drama, uma comédia (quase) trágica, com o toque cinematográfico de João Nicolau.

Conforme anunciado anteriormente, a programação do DocLisboa 2019 vai contar com uma retrospetiva do cinema da libanesa Jocelyne Saab e outra dedicada à Alemanha de Leste, assim como a estreia de dois filmes do alemão Werner Herzog, ‘Nomad: In The Footsteps of Bruce Chatwin’ e ‘Family Romance, LLC’, e ‘Blow ir to Bits’, de Lech Kowalski, cineasta que já tinha sido alvo de uma retrospetiva em 2007.

Para estar a par de todas as novidades sobre a 23ª edição, consulte o site oficial do DocLisboa.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *