Arranca esta sexta-feira em Lisboa a 15ª edição da Festa do Cinema Italiano

Arranca esta sexta-feira (1) a 15ª edição da Festa do Cinema Italiano, um festival cinematográfico dedicado à cultura italiana, organizado pela Associação Il Sorpasso desde 2008, que regressa com uma programação diversificada que apresenta filmes de novos realizadores bem como de nomes consagrados, clássicos da cinematografia transalpina, antestreias, ficções e documentários e ainda eventos paralelos que trazem a cultura de Itália a Portugal.

Em Lisboa, o festival realiza-se de 1 a 10 de abril, no Cinema São Jorge, no UCI El Corte Inglés, na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema e na Culturgest. A iniciativa vai passar também por Cascais (1 a 3 abril) e Setúbal (1 a 4 abril), e ainda pelo Porto, Coimbra, Beja, Almada, Penafiel, Viseu, Alverca, Caldas da Rainha e Lagos, em datas a anunciar.

Na sessão de abertura, que acontece no dia 1 de abril no Cinema São Jorge, em Lisboa, e no Cinema Trindade, no Porto, será exibido em antestreia nacional o documentário “Ennio”, de Giuseppe Tornatore, que faz um retrato de Ennio Morricone, o compositor de filmes mais popular e prolífico do século XX, que morreu 2020, aos 91 anos.

Filme de abertura: “Ennio”, de Giuseppe Tornatore

“Il Bambino Nascosto”, de Roberto Andò, encerra a 10 de abril, a Festa do Cinema Italiano em Lisboa. O filme, que teve a honra de encerrar o Festival de Veneza 2021, conta a história da amizade entre um professor de piano napolitano e um jovem membro da Camorra que está em fuga.

Da programação fazem também parte filmes como “Marx Pode Esperar“, de Marco Bellocchio, “Futura, Ou o Que Está Para Vir”, de Pietro Marcello, Francesco Munzi e Alice Rohrwacher, “Das Profundezas”, de Michelangelo Frammartino, cineasta que marcará presença no festival, “Diabolik”, de Marco Manetti e Antonio Manetti, “Salvatore – Shoemaker of Dreams”, de Luca Guadagnino, “Sempre Perto de Ti“, de Uberto Pasolini, ou “Ariaferma”, de Leonardo Di Costanzo.

Na secção que inclui primeiras e segundas longas-metragens, estarão em competição para o prémio de Melhor Filme 5 obras de jovens realizadores italianos: “Atlas”, de Niccolò Castelli, “Europa”, de Haider Rashid, “Lovely Boy”, de Francesco Lettieri, “Mondocane”, de Alessandro Celli, e “Una Femmina”, de Francesco Costabile.

Filme de encerramento: “Il Bambino Nascosto”, de Roberto Andò

Em parceria com a Cinemateca Portuguesa, a Festa do Cinema Italiano assinala os 100 anos de Pier Paolo Pasolini, uma figura imensa da cultura europeia do século XX , com a retrospetiva “Pasolini Revisitado”, num total de quase 25 filmes entre curtas e longas metragens, que mostra a relação de Pasolini com o cinema, e do cinema com Pasolini.

Também haverá um concerto de Salvador Sobral em homenagem a Franco Battiato, o “maestro” da música pop italiana que morreu em 2021, uma exposição de fotografia, um Cine-Jantar, e a Festa Italo Disco, com Nat&Tasha, Lovely & the Gang e Mário Valente (DJ set), no dia 2 de abril, entre as 21:00h e as 2:00h, na Voz do Operário.

A programação completa, locais, datas e horários das várias iniciativas, podem ser consultadas no site oficial da Festa do Cinema Italiano.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados