Arranca hoje a 2ª edição do Porto Femme – Festival Internacional de Cinema no feminino

Festival Cinema Porto Femme 2019

Arranca hoje na cidade do Porto a 2ª edição do Porto Femme – Festival Internacional de Cinema no feminino, um evento organizado pela XX Element Project, que pretende exibir e divulgar o trabalho das mulheres na sétima arte, promovendo a igualdade e o empoderamento destas no universo cinematográfico.

A partir de hoje e até ao dia 22 de junho, o festival vai passar por alguns espaços portuenses como o Auditório da Biblioteca Almeida Garrett, Cinema Trindade, o espaço cultural Maus Hábitos e no hotel Selina Porto, com a festa a iniciar e a terminar no Barracuda – Clube de Roque.

Durante estes cinco dias estarão em competição um total de 116 filmes, produzidos em países de vários continentes, entre curtas e longas-metragens de ficção, documentários, animação e filmes experimentais, integrados nas várias secções competitivas.

Na competição nacional foram selecionados 16 filmes, de realizadoras como Catarina Mourão, Cristéle Alves Meira, Leonor Noivo, Margarida Madeira e Catarina Neves Ricci, enquanto que, a internacional é composta por 53 produções, de cineasta como a espanhola Clara Santaolaya, Cecilia Albertini e Erica Scoggins, dos EUA, a brasileira Rafaela Salomão e Stephanie Cabdevila, de França.

A secção competitiva XX Element, vai apresentar 18 obras de homens realizadores que, segundo a organização, “integram equipas compostas por mulheres atrizes principais ou que ocupem cargos técnicos importantes”. Nesta edição, a novidade é a criação da competição Estudante que dá espaço a 29 filmes para serem mostrados e discutidos, abrindo portas paras as novas cineastas pelo pais fora, avaliados e premiados por um júri.

Tal como na 1ª edição, está de regresso a secção Panoramas Internacionais, desta vez em parceria com os festivais FemCine e Flying Broom, onde serão exibidos filmes realizados por mulheres do Chile e Turquia.

Entre as várias atividades paralelas, destaque para os workshops “Realização no Cinema”, de Raquel Freire e “A Câmara e o Ator”, de Inês Oliveira, assim como, a exposição coletiva das ilustradoras Clara Não e Cara Trancada, e uma homenagem à realizadora Monique Rutler, com a exibição do seu filme “Solo de Violino (1990)”, com a presença da cineasta.

A cerimónia de abertura vai decorrer esta terça-feira, 18 de junho, a partir das 22:00 horas, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett, sendo antecedida por um Porto de Honra. Amanhã os convidados serão brindados com a animação musical do grupo Pedaço Mau, no bar Barracuda – Clube de Roque, espaço que voltará a acolher a festa de encerramento, no dia 22, com a atuação a cargo do agrupamento Palmers.

Para mais informações e programação completa, consulte o site oficial do Porto Femme.

Artigos relacionados