Arranca hoje a 71ª edição do Festival Internacional de Cinema de Locarno

71º Festival de Cinema de Locarno 2018

Arranca hoje na cidade suíça de Locarno a 71ª edição do Festival Internacional de Cinema, evento que vai decorrer até ao dia 11 de agosto e que conta na programação com 10 produções ou coproduções portuguesas.

O festival abrirá com “Les Beaux Esprits”, de Vianney Lebasque, e encerrará com “I Feel Good”, de Benoît Delépine e Gustave Kervern, filmes que integram a secção não competitiva Piazza Grande, onde também se encontram títulos como “BlacKkKlansman: O Infiltrado” de Spike Lee, “The Equalizer 2 – A Vingança” de Antoine Fuqua, “Pesquisa Obsessiva” de Aneesh Chaganty, “Pájaros de Verano” de Cristina Gallego e Ciro Guerra, ou “Blaze” de Ethan Hawke.

O chinês Jia Zhang-ke lidera o júri da competição internacional que conta com 15 produções em disputa pelo prémio principal do festival, o Leopardo de Ouro. “Yara” de Abbas Fahdel, “Diane” de Kent Jones , “Gangyun Hotel” de Hong Sangsoo, “Tarde Para Morir Joven” de Dominga Sotomayor e “Alice T.” de Radu Muntean, fazem parte do lote de candidatos.

Portugal também marca presença na seleção oficial do festival, com “3 Anos Depois”, curta-metragem de Marco Amaral e a coprodução “Grbavica” de Manel Raga Raga (Portugal/Bósnia Herzegovina/Espanha), na secção competitiva Pardi di Domani. Na secção Signs Of Life serão exibidos “Sobre Tudo Sobre Nada”, a primeira longa-metragem de Dídio Pestana e “Como Fernando Pessoa salvou Portugal”, coprodução (Portugal/França/ Bélgica) do realizador Eugène Green.

A secção First Look é inteiramente dedicada ao cinema português e tem como objetivo potenciar o início da carreira internacional dos trabalhos apresentados, bem como ajudar à sua finalização. Serão apresentados seis filmes em fase de pós-produção e exibidos a uma audiência qualificada, composta por profissionais do setor cinematográfico, nomeadamente programadores, exibidores, distribuidores e produtores.

Os seis filmes selecionados e que serão apresentados nesta secção entre os dias 3 e 5 de agosto são:
– “Campo”, de Tiago Hespanha, uma produção da Terratreme Filmes.
– “Gabriel”, de Nuno Bernardo, produzido pela BeActive Entertainment.
– “Golpe de Sol”, de Vicente Alvez do Ó, uma produção conjunta da Pandora e Ukbar Filmes.
– “Viveiro”, de Pedro Filipe Marques, produção da O Som e a Fúria
– “Hálito Azul”, de Rodrigo Areias, uma coprodução da portuguesa Bando à Parte, Oktober Film (Finlândia) e a Gladys Glover Film (França)
– “Terra”, de Rossana Torres e Hiroatsu Suzuki, produzido pela Associação Entre Imagem, em coprodução com a Optec – Sociedade Óptica Técnica (Portugal)

Confira todos os 15 títulos que vão competir pelo Leopardo de Ouro da 71º Festival de Locarno:

COMPETIÇÃO INTERNACIONAL
– “A Family Tour”, de Liang Ying
– “A Land Imagined”, de Siew Hua Yeo
– “Alice T.”, de Radu Muntean
– “Diane”, de Kent Jones
– “Gangyun Hotel”, de Hong Sangsoo
– “Genèse”, de Philippe Lesage
– “Glaubenberg”, de Thomas Imbach
– “La Flor”, de Mariano Llinás
– “M”, de Yolande Zauberman
– “Menocchio”, de Alberto Fasulo
– “Ray and Liz”, de Richard Billingham
– “Sibel”, de Çagla Zencirci and Guillaume Giovanetti
– “Tarde Para Morir Joven”, de Dominga Sotomayor
– “Wintermärchen”, de Jan Bonny
– “Yara”, de Abbas Fahdel

Artigos relacionados