Arranca hoje o Festival Periferias. 30 filmes ao ar livre entre Marvão e Valência de Alcântara

Festival de Cinema Periferias 2019

A partir deste sábado e até ao dia 18 de agosto, vai decorrer a 7ª edição do Periferias – Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara, uma iniciativa da Associação Cultural Periferias (Portugal) e Gato Pardo (Espanha), que apresenta uma seleção de mais de 30 filmes nas áreas do documentário, ficção e animação, levando o cinema de autor a aldeias e lugares isolados daquela zona da raia luso-espanhola.

A abertura oficial é já esta noite com a projeção do mais recente filme de João Salaviza e Renée Nader Messora, o premiado “Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos“. A sessão tem início às 21:30, no Castelo de Marvão, e contará com a presença dos realizadores.

Tal como nas edições anteriores, os filmes deste evento itinerante que aproxima as populações vizinhas de Portugal e Espanha, são, maioritariamente, apresentados em sessões nocturnas, ao ar livre, em palcos que são uma marca que distingue o festival, como os castelos das duas principais localidades (Marvão e Valência de Alcântara), a estação de comboios desactivada de Beirã, as ruas e praças de diversos centros históricos, as ruínas da cidade romana de Ammaia ou, este ano pela primeira vez, a praça de touros de Santo António das Areias.

Para além dos lugares referidos, o Festival marcará presença em Castelo de Vide, Fontanheira, Portagem, Cedillo, Zarza la Mayor e Malpartida de Cáceres, dando a conhecer aspectos da história e do património dos sítios, através de iniciativas várias, que incluem visitas guiadas e passeios pedestres.

Na edição deste ano, há a registar uma forte componente musical, estando previstos diversos concertos com músicos de várias origens, estando igualmente agendadas exposições e debates, no âmbitos de painéis habituais sobre meio ambiente e direitos humanos.

A programação do festival integra ainda um conjunto de sessões em sala, promovidas em parceria com o Festival CineEco (Seia), a Associação Cabeçudos – Cabeças com Ideias, o Instituto Politécnico de Portalegre e a Zero em Comportamento – Associação Cultural.

O Periferias conta, em Portugal, com os apoios da Câmara Municipal de Marvão, do Orçamento Participativo de Portugal, Direcção Regional de Cultura do Alentejo, da Comissão de Coordenação Regional do Alentejo e do Turismo de Portugal. Do lado espanhol, os principais apoios são os da Junta de Extremadura, da Filmoteca da Extremadura, da Diputacion de Cáceres e Ayuntamiento de Valencia de Alcántara. A nível europeu, o Festival tem o apoio do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e do Programa Euroace (Alentejo, Centro, Extremadura).

A programação completa está disponível no site oficial do Festival Periferias.

Artigos relacionados