“Avatar 4 e 5”: James Cameron está a ponderar entregar a realização a outro cineasta

Com a sequela “Avatar: O Caminho da Água” pronta para estrear nos cinemas em dezembro deste ano e “Avatar 3” em pós-produção para ser lançado em 2024, James Cameron parece que está com ideias de não finalizar a saga no planeta Pandora e está a ponderar entregar a realização dos dois últimos filmes, “Avatar 4 e 5”, a outro cineasta da sua confiança.

Numa entrevista concedida à revista “Empire”, Cameron falou sobre os seus planos para os dois restantes filmes da franquia, incluindo a possibilidade de nomear outro cineasta para levar a saga ao fim, pois os filmes “Avatar” são muito absorventes em termos de tempo e esforço.

“Tenho algumas outras coisas que estou a desenvolver e que também são empolgantes. Acho que com o tempo – não sei se depois dos três ou depois dos quatro – vou querer passar o comando para um realizador em quem confio, para que possa fazer outras coisas que também estou interessado. Ou talvez não. Não sei”, disse Cameron.

Esta indecisão de Cameron é compreensível, já que o mundo de “Avatar” é afinal o seu próprio mundo. Apesar de tudo, mostra-se entusiasmado com o rumo da história nos filmes posteriores.

“Tudo o que preciso dizer sobre família, sobre sustentabilidade, sobre clima, sobre o mundo natural, os temas que são importantes para mim na vida real e na minha vida cinematográfica, posso dizer nesta tela. Fiquei mais animado à medida que avançava. O filme quatro é formidável. É um filho da puta. Na verdade, espero conseguir. Mas isso depende das forças do mercado. Três já estão prontos, então vai sair de qualquer jeito. Eu realmente espero que consigamos fazer o quatro e o cinco, porque no final das contas, é uma grande história.”

Tal como os dois anteriores, “Avatar 4 e 5” serão filmados de forma consecutiva e só devem chegar aos cinemas em 2026 e 2028, pelo que, até lá, há muito tempo pela frente, dando a possibilidade a Cameron de descansar um pouco e concluir a sua visão épica da saga dos Na’vi.

Anteriormente, Cameron também entregou a realização de um projeto que planeou durante anos, a adaptação de “Alita: Anjo de Combate“. Além de coescrever o guião com Laeta Kalogridis, também continuou ligado como produtor executivo. O filme foi dirigido por Robert Rodriguez.

Artigos relacionados