“Aviso Vermelho”: Netflix pretende realizar duas sequelas em simultâneo em 2023

Depois de se tornar no filme de maior sucesso já lançado na Netflix, era de esperar que o filme “Aviso Vermelho” (Red Notice) tivesse uma continuação. Mas segundo o Deadline, a gigante de streaming foi mais longe e pretende realizar não uma, mas duas sequelas.

De acordo com a publicação, a Netflix tem a esperança de iniciar a produção dos dois filmes no início de 2023 e em simultâneo, uma abordagem que otimizará custos, tal como tem acontecido com outras franquias. O plano da Netflix é trazer de volta o trio de protagonistas, Gal Gadot, Dwayne Johnson e Ryan Reynolds, bem como adicionar novos personagens e novos atores.

No entanto, a rodagem dos filmes está dependente dos acordos e das agendas dos protagonistas. Já na cadeira da realização voltará a sentar-se Rawson Marshall Thurber, que, ao que se consta, já está a escrever os guiões das sequelas.

“Aviso Vermelho” estava inicialmente programado para ser produzido pela Legendary Pictures para a Universal Pictures, que adquiriu o projeto num leilão bastante concorrido. Mais tarde, amedrontada pelo custo da produção, estimada em mais de 200 milhões de dólares, a Universal desistiu do projeto e vendeu-o à Netflix, na altura uma das maiores apostas da gigante de streaming, mas que afinal valeu a pena.

Enquanto se aguarda pela confirmação oficial da Netflix e de mais novidades sobre as sequela, aproveite para ver ou rever, o trailer legendado de “Aviso Vermelho.

Artigos relacionados