Betty Gilpin juntou-se a Shailene Woodley no protagonismo da série “Three Women”

Betty Gilpin juntou-se a Shailene Woodley na série Three Women

Segundo o Deadline, Betty Gilpin (The Grudge: Maldição) juntou-se a Shailene Woodley (O Mauritano) e a DeWanda Wise (Mundo Jurássico: Domínio ) no protagonismo de “Three Women“, uma nova série da rede de canais Showtime, adaptada do livro homónimo de não ficção escrito por Lisa Taddeo, um retrato real da sexualid

e intimidade das mulheres, contada em três histórias verídicas.

Taddeo, que levou uma década para pesquisar, relatar e escrever a história, também é a autora desta adaptação televisiva e produtora executiva da série junto com a showrunner Laura Eason, Kathy Ciric e Emmy Rossum. Louise Friedberg vai produzir e dirigir os dois primeiros episódios que começarão a ser filmado nos próximos meses.

Gilpin vai interpretar Lina, uma dona de casa em Indiana que, depois de uma década num casamento sem paixão, embarca num caso extraconjugal que rapidamente transforma sua vida. Wise dá vida a Sloane, uma dona de um restaurante bem-sucedido, casada e feliz. Mas o marido gosta de a observar a ter relações com outros homens e mulheres. A terceira mulher é Maggie, ainda sem atriz definida, uma estudante de dezassete anos, que tem um romance com o seu professor de Inglês, já casado.

Woodley terá a seu cargo o papel de Gia, cuja história reflete a jornada de Taddeo com o livro. Ela é uma escritora que convence as mulheres a contar as suas histórias, formando com elas um vínculo que muda sua vida.

O livro foi publicado em 2019 e chegou a Portugal através da Editorial Presença com o título “Três Mulheres”, uma fascinante narrativa fundamentada num rigoroso trabalho jornalístico, sobre a vida sexual de três mulheres americanas, Lina, Maggie e Sloane.

“Three Women” é o retrato inovador do desejo erótico, expondo a fragilidade, a complexidade e as desigualdades com que a mulher se confronta no relacionamento sexual.

Artigos relacionados