Brad Peyton vai realizar a adaptação cinematográfica do videojogo “Sniper Elite”

Brad Peyton vai realizar o filme Sniper Elite

Brad Peyton, cineasta que dirigiu os filmes “San Andreas” e “Rampage – Fora de Controlo“, ambos protagonizados por Dwayne Johnson, foi anunciado como realizador do thriller de ação “Sniper Elite“, uma adaptação cinematográfica inspirada na franquia de videojogos de tiro da Segunda Guerra Mundial, desenvolvida pelo estúdio britânico Rebellion.

Segundo a Variety, este projeto está descrito como uma mistura dos filmes “Sherlock Holmes” e “Identidade Desconhecida” (The Bourne Identity), e que ao contrário dos filmes tradicionais de atiradores de elite “muito sombrios, muito profundos”, apresentará uma história escrita por Peyton e Gary Graham com mais “leveza”, pretendendo com isso que o protagonista Karl Fairburne e o seu inimigo sejam vistos como “adoráveis”.

A ação vai decorrer em Londres e seguirá Fairburne, um atirador de elite dos Aliados, envolvido numa perseguição pelas ruas de Londres no auge da Blitz, a campanha de bombardeamentos estratégicos realizada na Segunda Guerra Mundial pela Luftwaffe – a aviação alemã – contra o Reino Unido, enquanto tenta salvar o primeiro-ministro britânico Winston Churchill de um assassino nazi.

O filme vai ser produzido por Jean-Julien Baronnet, da Marla Studios e Jason Kingsley, CEO da Rebellion, a produtora do jogo, e ambos revelaram à Variety alguns elementos importantes sobre o filme. Kingsley disse que o filme revelará a história oculta de Fairburne, “aliando a ação inteligente e com estilo com personagens fortes e situações incríveis e distorcidas”, referindo ainda que com a chuva de bombas na capital britânica, Fairburne “terá que fazer uma escolha entre o destino da guerra e confrontar o seu segredo mais profundo.”

Já Baronnet, adiantou que um elemento intrigante da história de Fairburne é que ele é um alemão que trabalha para os Aliados, acrescentando que também haverá “uma personagem feminina muito forte”, que é a assistente de Churchill.

Apesar de todos estes detalhes, não foi referida qualquer palavra sobre o início da produção e da data prevista para a estreia. Sabe-se também que atualmente não há nenhum estúdio envolvido, mas, segundo Baronnet, o objetivo passa por estabelecer um acordo com um grande estúdio de Hollywood ou uma plataforma de streaming.

Artigos relacionados