Brad Pitt vai produzir filme sobre o escândalo que envolveu Harvey Weinstein

Filme sobre o escândalo Harvey Weinstein

A Plan B Entertainment, produtora de Brad Pitt e a Annapurna Pictures, de Megan Ellison, uniram forças para a produção de uma longa-metragem sobre o escândalo que envolveu o produtor Harvey Weinstein.

O novo filme não pretende contar a história de Weinstein e os seus supostos crimes sexuais, mas sim, a história dos repórteres do New York Times, Jodi Kantor e Megan Twohey, e o papel fundamental que tiveram para derrubar o magnata do cinema, enfrentando ameaças e intimidações para levar adiante uma das histórias mais importantes desta década. Filmes sobre grandes investigações jornalísticas como “O Caso Spotlight” e “Os Homens do Presidente” servirão de referência para o projeto.

Kantor e Twohey publicaram o artigo pela primeira vez a 5 de outubro, com o título ‘Harvey Weinstein pagou aos acusadores de assédio sexual durante décadas’. A notícia incluía citações e reportagens investigativas sobre supostos abusos sexuais e encobrimentos de Weinstein, então um dos mais premiados e respeitados líderes do cinema da era moderna. Esta façanha rendeu à dupla um Prémio Pulitzer.

O material divulgado teve um impacto imediato, resultando na demissão de Weinstein da sua empresa e expulso da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA. A sua queda fez com que mais mulheres quebrassem o silêncio apontando supostos abusos sexuais de Weinstein, mas também de outras pessoas do setor, dando origem à criação de movimentos reivindicativos como o #MeToo e Time’s Up.

Artigos relacionados