“Campo de Sangue”: Drama de João Mário Grilo chega esta semana aos cinemas

Depois do documentário “Vieirarpad“, o cineasta português João Mário Grilo volta a estrear este mês mais um dos seus recentes trabalhos, o drama “Campo de Sangue“, inspirado no romance de estreia de Dulce Maria Cardoso, publicado em 2002. A estreia está marcada para a próxima quinta-feira, 23 de junho, com  distribuição da Leopardo Filmes.

Após quatro filmes documentais, esta longa-metragem marca o regresso do cineasta à ficção, depois de ter lançado nos cinemas em 2009 o filme “Duas Mulheres”. No elenco encontramos nomes como Carloto Cotta, Luísa Cruz, Sara Carinhas, Suzana Borges, Teresa Madruga, Fernanda Neves, Júlia Palha, Alba Baptista, Heitor Lourenço, Adriano Luz, entre outros.

Com música original do pianista Mário Laginha, o argumento, escrito por João Mário Grilo, juntamente com Luís Mário Lopes e Inês Beleza Barreiros, recorre a uma personagem do romance escrito no passado, que ganha vida no presente, para atormentar a autora, revivendo e revisitando com ela a história de um crime.

No filme, um homem é acusado de um assassinato brutal e aguarda julgamento, enquanto na sala de espera da esquadra, quatro mulheres, muito diferentes e que nunca antes se tinham cruzado, aguardam a sua vez para prestar depoimentos. Todas elas têm interesses diferentes na história, com cada uma a servir de critica social à forma como a sociedade se comporta perante um crime.

Entre essas mulheres temos Eva (Suzana Borges), a ex-mulher que se comporta como amante e que sempre sustentou este homem, uma atormentada mãe (Fernanda Neves), para quem ele inventou uma vida diferente da que levava, a senhoria (Teresa Madruga), que se preocupa em lembrá-lo de pagar a renda do quarto todos os meses e que vê agora uma oportunidade de se tornar famosa, e uma mulher bonita (Sara Carinhas) que carrega na barriga o filho que este homem nunca quis ter.

Assista ao trailer e não perca a estreia em cinema de mais um produção Made in Portugal.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado.