Canal História estreia em exclusivo a minissérie “Expedições Secretas Nazis”

O Canal História estreia em exclusivo na televisão portuguesa esta segunda-feira, 9 de maio, pelas 22:15h, a minissérie de seis episódios “Expedições Secretas Nazis” (Secret Nazi Expeditions), que revela uma importante ferramenta da propaganda nazi, a Ahnenerbe, a seita que queria destruir o Cristianismo.

Abandonando a ciência e abraçando o oculto, a Ahnenerbe realizou perigosas expedições aos confins do globo em busca de artefactos que proporcionassem à Alemanha uma vantagem sobrenatural no campo de batalha e o domínio eterno do mundo para o Terceiro Reich.

Ao longo de seis episódios, de sessenta minutos cada um, exibidos em sessão dupla nos dias 9, 16 e 23 de maio, sempre às 22:15, o Canal História revela as verdadeiras intenções por detrás destas missões.

Baseando-se exclusivamente em novas provas, pesquisa original e testemunho de peritos, a minissérie “Expedições Secretas Nazis”, lança luz sobre a máquina de propaganda de Hitler desenvolvida através da Ahnenerbe, uma organização sob a capa das elites intelectuais da Antropologia, Arqueologia e Medicina alemãs.

A Ahnenerbe, um departamento das SS criado por Himmler, escondia uma ferramenta de propagação da política racial do Terceiro Reich, que combinava ocultismo, pseudociência e ideologia e procurava reunir evidências (ou falsificá-las) que fundamentassem a ideologia nacional-socialista e justificassem as Leis de Nuremberga.

Com três objetivos iniciais: pesquisar o alcance territorial do espírito da raça germânica, investigar e recuperar as tradições alemãs e difundir a cultura tradicional alemã, rapidamente se percebeu que a Ahnenerbe escondia um simples propósito: destruir o Cristianismo e instaurar uma nova religião nazi na Alemanha.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado.