Canal Hollywood exibe “Tony” e “A Canção de Lisboa” no Dia de Portugal

Canal Hollywood celebra Dia de Portugal com cinema português

Nesta quinta-feira, 10 de junho, o Canal Hollywood celebra o Dia de Portugal com a exibição de dois filmes de produção nacional: “Tony“, o documentário sobre a vida do cantor português Tony Carreira, o mais visto de sempre no país, e a nova versão de “A Canção de Lisboa”, o filme clássico do humor português, com assinatura de Pedro Varela.

Às 19:35h tem início “Tony”, um documentário biográfico do realizador Jorge Pelicano, que conta a história de António Antunes, emigrante em França que se viria a tornar num dos músicos mais bem-sucedidos do panorama musical português. Após 30 anos de canções, Tony Carreira anuncia uma pausa que ninguém imaginava. Os fãs recusam-se a acreditar que o seu cantor de sonhos os vai deixar. Mas o que leva, na verdade, o artista português com mais sucesso de todos os tempos a tomar a decisão de se afastar?

O cantor português mostra-nos o outro lado do artista, com os amigos e a família, dá-nos acesso privilegiado aos estúdios, aos bastidores e aos camarins de salas de espetáculos em todo o mundo. Há também imagens inéditas e revelações exclusivas sobre as polémicas, as desilusões, os sonhos não confessados, a relação atribulada com os media, o carinho pelos fãs e o que faz feliz Tony Carreira.

“A Canção de Lisboa” estreia às 21:30h, uma comédia de enganos de Pedro Varela inspirada no filme homónimo dos anos 1930, com Vasco Santana, Beatriz Costa e António Silva, que acompanha Vasco Leitão, estudante de medicina, sobrevive na capital à custa da mesada das tias de Trás-os-Montes, que nunca vieram a Lisboa e o consideram um aluno exemplar. Todavia, o alegre estudante em vez das aulas, prefere os retiros e os arraiais, as cantigas populares e as mulheres bonitas.

Do elenco fazem parte nomes bem conhecidos da ficção nacional como César Mourão, Miguel Guilherme, Luana Martau, Marcus Majella, Maria Vieira, São José Lapa, Carla Vasconcelos, Dinarte de Freitas, Dmitry Bogomolov e Ruy de Carvalho.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *