Canal ID estreia a primeira temporada de “Chaos in Court”

Canal ID estreia Chaos in Court

A partir das 22:00h desta quinta-feira (5), o canal ID estreia em exclusivo a primeira temporada de “Chaos in Court“, que apresenta os momentos mais insólitos e inesperados que ocorrem dentro dos Tribunais dos EUA.

Quando os indivíduos são interrogados até às últimas instâncias durante um julgamento, muitas vezes, isso conduz a reviravoltas inesperadas e momentos dramáticos na sala de audiências. De rixas, discussões, agressões e até mesmo a momentos fatais, esta série revela atos extraordinários e por vezes estranhos, que podem ter lugar entre as solenes quatro paredes da sala de audiências.

Entrevistas íntimas a arguidos, testemunhas e familiares, bem como especialistas, procuradores ou psicólogos criminais, revelam a realidade emocional de processos penais aparentemente simples.

No episódio de estreia intitulado “Predators Among Us” somos confrontados com imagens de um pai indignado que tenta agredir fisicamente um predador sexual em plena sala de audiência. O homem em causa é Larry Nassar, o médico da seleção americana de ginástica, que durante 20 anos abusou de centenas de jovens atletas.

Assistimos igualmente a uma chocante “morte em direto” dentro do tribunal quando um membro de um gang se preparava para ouvir uma testemunha. Ao decidir atacar o homem que se preparava para o denunciar é travado com quatro disparos à queima-roupa.

Outro dos momentos marcantes, mas não tão dramático, é o que envolve Penélope Soto, uma jovem de 18 anos sob o efeito de drogas que decide ser mal-educada com um juiz. Um comportamento perigoso que lhe valeu um grande desgosto e fama mundial já que o vídeo se tornou viral na internet.

Não só de lágrimas de tristeza se fazem os momentos em tribunal e neste episódio de estreia vislumbramos uma situação fora do habitual em em que uma juíza autoriza um detido a pegar no seu bebé ao colo pela primeira vez.

Há um pouco de tudo para ver em “Chaos in Court”, série que estreia dia 5 de novembro, às 22:00h, no ID, o canal de crime-real exclusivo da NOS (posição 74).

Artigos relacionados