Canal ID estreia este domingo a série documental “Prime Suspect: The Madeleine McCann Case”

Canal ID estreia Prime Suspect: The Madeleine McCann Case

O canal ID – Investigation Discovery estreia neste domingo, 5 de setembro, às 22:00h, a série documental “Prime Suspect: The Madeleine McCann Case“, que procura respostas para o desaparecimento mais mediático de sempre em Portugal.

No dia 3 de maio de 2007, a Praia da Luz, no Algarve, tornou-se no centro do mundo. Uma menina britânica de três anos desapareceu do quarto onde dormia, no complexo de apartamentos onde passava férias com a família. O nome correu os quatro cantos do planeta e está gravado na mente de todos os portugueses: Madeleine McCann.

Catorze anos após o desaparecimento mais mediático do século, a verdade continua por apurar, mas neste especial de investigação do ID de três episódios, são lançadas novas pistas que conduzem a um suspeito: Christian B. Poderá este alemão ser responsável pelo desaparecimento de Maddie?

Não perca a estreia de “Prime Suspect: The Madeleine McCann Case”. Conheça as sinopses dos três episódios

Episódio 1: O alemão Christian B. foi considerado o principal suspeito do assassinato da britânica Madeleine McCann. Desde que desapareceu durante as férias com a família na Praia da Luz, no Algarve, em 2007, o caso continua por resolver. Mas quem é afinal este novo suspeito? Aparentemente, pouco antes do desaparecimento de Madeleine, ter-se-á gabado que a sua autocaravana era suficientemente grande para contrabandear uma criança.

Episódio 2: Após o desaparecimento de Madeleine McCann de um resort de férias em Portugal, o atual suspeito, Christian B., volta para a Alemanha. Aí envolve-se em crimes relacionados com drogas, produz pornografia infantil com a filha de um amigo e é investigado pelo assassinato de Inga, uma rapariga alemã desaparecida. Em Portugal, a investigação do caso Madeleine desmorona-se e o investigador principal, Gonçalo Amaral, é afastado do caso.

Episódio 3: O suspeito, Christian B., foge de uma pena de prisão por pornografia infantil e está agora de volta a Portugal onde é detido num parque infantil em São Bartolomeu de Messines, no Algarve, por sido apanhado a masturbar-se debaixo de um escorrega, onde brincavam várias crianças, entre os 9 e os 12 anos. A malha aperta-se em torno do principal suspeito no caso Madeleine McCann, e Christian é condenado a sete anos por violação de uma senhora idosa de 72 anos. Mas poderá o alemão ser condenado pelo homicídio de Madeleine? Será que a polícia alemã tem provas suficientes?

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *