Canal Odisseia estreia o especial “Comboios que Mudaram o Mundo”

Odisseia estreia Comboios que Mudaram o Mundo

Todas as terças-feiras, a partir de 5 de janeiro, sempre às 22:30h, o canal Odisseia estreia “Comboios que Mudaram o Mundo“, um especial de seis documentários que, desde o comboio a vapor aos super-rápidos da atualidade, dá a conhecer alguns dos comboios mais icónicos da História, analisando o contexto em que surgiram e o impacto que causaram.

O especial arranca com “O Primeiro Impacto“, um documentário que dá a conhecer a primeira linha de caminho-de-ferro comercial do mundo e a forma como, em apenas 20 anos, o caminho-de-ferro transformou a Grã-Bretanha num colosso industrial.

De seguida, pelas 23:30h, o canal exibe “Era de Liberdade”, abordando os anos que precederam a Guerra de Secessão, altura em que uma rede clandestina utilizou o caminho-de-ferro para ajudar escravos a fugir das plantações do sul dos EUA em direção aos estados livres e ao Canadá. Do outro lado do Atlântico, o caminho-de-ferro permitiu aos britânicos controlar o maior império da sua História e na Rússia Soviética, os comboios transportaram 50 milhões de prisioneiros para os Gulags.

Imagem de Comboios que Mudaram o Mundo

A 12 de janeiro chega “Intrépido Mundo Novo“, para dar a conhecer a década de 1930, altura em que o comboio a vapor atinge o seu zénite na Europa com o Flying Scotsman ou o Mallard, nos EUA, o Burlington Zephyr ou o Streamliner, que podemos ver nos clássicos de Hollywood. Viajaremos ainda até aos Estados Unidos, para saber como a “art deco” impulsionou o desenho de comboios de alta velocidade de aspeto futurista.

Às 23:30h, ficaremos a saber como os comboios de mercadorias contribuíram para a industrialização da agricultura e revolucionaram a nossa dieta. Em “Monstros de Metal“, veremos comboios como o Consolidation que impulsionaram a venda por catálogo e a indústria da publicidade, ou como, durante a Segunda Guerra Mundial, o Big Boy, da Union Pacific, que ajudou os aliados no transporte de tropas e material bélico.

O Mundo em Movimento” estreia a 19 de janeiro, um trabalho que revela como, à medida que as viagens entre cidades se tornaram mais fáceis, viajar pelo meio delas foi-se tornando um pesadelo. A solução chegou com uma ideia ambiciosa: um comboio a vapor que passasse através de um túnel, por baixo de Londres, a cidade mais movimentada do mundo.

O especial encerra com “Supercomboios“, a 26 de janeiro, para explicar como os japoneses usaram tecnologia desenvolvida na Segunda Guerra Mundial para criar um dos comboios de maior êxito de sempre: o comboio-bala. Reduziu os tempos de viagem, bateu recordes e fez o Japão passar a ser cenário mundial da velocidade. Conheceremos ainda o comboio de levitação magnética (Maglev) e saberemos porque o verdadeiro campeão do comboio de alta velocidade é a China, local onde existe o maior número de linhas de alta velocidade do mundo.

Artigos relacionados