“Batwoman”: Ruby Rose decidiu abandonar a série após a 1ª temporada

Ruby Rose abandona série Batwoman

Ruby Rose, a estrela “Batwoman“, decidiu abandonar a série da The CW, pelo que já não participará na segunda temporada. Esta drástica e surpreendente decisão gerou muitas especulações, já que que não foram reveladas as verdadeiras razões para a sua saída.

“Tomei a difícil decisão de não regressar a Batwoman na próxima temporada. Não foi uma decisão que tomei de ânimo leve, pois tenho o maior respeito pelo elenco, equipa e todos os envolvidos na série. Estou grata a Greg Berlanti, Sarah Schechter e Caroline Dries, não apenas por me terem dado esta oportunidade incrível, mas também porque me receberem no universo da DC que criaram tão bem. Obrigado Peter Roth e Mark Pedowitz e às equipas da Warner Bros. e The CW, que se empenharam tanto no programa e sempre acreditaram em mim. Obrigado a todos os que fizeram da primeira temporada um sucesso. Estou realmente agradecida”, disse Rose num comunicado.

O canal, a Warner Bros. TV e a Berlanti Productions também retribuíram os elogios, anunciando que já começaram as buscas para encontrar uma substituta, mas não está claro se o papel de Kate Kane será reformulado ou se Batwoman será um novo personagem, mas garantiram que a nova atriz será um membro da comunidade LGBTQ.

Segundo alguns rumores ventilados nos últimos meses, a atriz de 34 anos estaria a ponderar o abandono da série após o acidente sofrido durante as filmagens da primeira temporada, que a obrigou a passar por uma cirurgia de emergência, uma informação que foi desmentida por várias fontes da imprensa especializada.

Apesar da rutura, Ruby Rose ficará sempre ligada como a primeira intérprete do primeiro personagem LBGTQ, masculino ou feminino, numa série de live-action de super-heróis. No grande ecrã, a atriz foi vista pela última vez em “Meg: Tubarão Gigante (2018)”, mas ainda este ano deu voz à personagem Liz na animação “Academia Cranston – Cenas Monstruosas“.

Artigos relacionados