Chap Taylor vai escrever o guião da nova versão do western “O Homem Que Matou Liberty Valance”

Remake do western O Homem Que Matou Liberty Valance

Um remake de “O Homem Que Matou Liberty Valance” (The Man Who Shot Liberty Valance), um western de 1962 realizado por John Ford, vai finalmente avançar. Segundo o Deadline, Chap Taylor foi contratado pela Paramount Pictures para escrever o guião da nova versão.

O clássico foi protagonizado por James Stewart que interpretou um advogado idealista que tenta levar o estado de direito a uma cidade fronteiriça sem lei. John Wayne deu vida a um pistoleiro que tenta ensinar o advogado a defender-se de Liberty Valance, o fora-da-lei interpretado por Lee Marvin.

Há muito que o estúdio tem tentado desenvolver o projeto e em 2015 foi mesmo anunciado que o remake do clássico estaria ambientado na década de 80, na Pensilvânia, com os os fora-da lei a serem substituidos por gansters polacos.

Porém, durante este tempo, as ideias mudaram, estando agora descrito que a ação vai passar-se em Nova Iorque, em 1991, no auge do flagelo de crack, quando a taxa de homicídios na cidade subiu para níveis sem precedentes. Um jovem policia negro, educado em faculdades, voluntaria-se para ficar no Harlem para tornar as coisas mais seguras. Une-se então a um veterano policia irlandês-americano que, segundo Taylor, “tem a melhor das intenções e não o melhor dos métodos”.

De momento ainda não há qualquer realizador ou ator anexado ao projeto, nem seque previsões para o início da produção e respetiva estreia.

Artigos relacionados