Charlie Chaplin: Novo documentário sobre um dos maiores ícones do cinema

A história de Charlie Chaplin, um dos maiores ícones do cinema, será contada num novo documentário apoiado pelo British Film Institute e Film4, e estará a cargo de Peter Middleton e James Spinney, indicados ao BAFTA pelo seu inovador documentário “Notes on Blindness (2016)”.

A dupla teve acesso a um arquivo pessoal da estrela do cinema mudo que inclui material desconhecido e também gravou recentemente gravações de áudio. “Chaplin” vai olhar para a infância empobrecida da estrela, na Londres do final do período vitoriano, a sua jornada para as luzes brilhantes de Hollywood na aurora do cinema e em última análise, o seu auto-imposto exílio.

Os cineastas dizem que irão revelar o verdadeiro Chaplin, que definiu o cinema antigo e se tornou, na época, o homem mais famoso do mundo. Haverá cenas inéditas que foram gravadas e não incluidas nas versões finais, assim como, filmagens de outras fontes, incluindo o BFI National Archive e o museu Chaplin’s World, localizado na Suíça, onde viveu durante 25 anos, onde servirá de local de rodagem para as cenas definidas durante os últimos estágios da vida do ator.

“Este será o Chaplin como nunca visto ou ouvido antes, revelado através da beleza e técnicas [inovadoras] de tirar o fôlego, que Peter e James vão trazer para o cinema”, disse Will Clarke, presidente da Altitude, detentora dos direitos, que irá apresentar o filme a potenciais compradores em Cannes.

A vida de Charlie Chaplin (1889-1977) foi contada algumas vezes no grande ecrã e em 1992, Robert Downey Jr. (Vingadores: Guerra do Infinito) chegou mesmo a dar vida ao ator na comédia dramática biográfica “Chaplin”, realizada por Richard Attenborough.

Artigos relacionados