Chloé Zhao vai escrever e dirigir um western futurista de ficção científica de Drácula.

Chloé Zhao vai dirigir filme de Drácula.

Ainda a celebrar as nomeações para os Globos de Ouro por “Nomadland – Sobreviver na América“, Chloé Zhao prepara-se para revolucionar a história do vampiro mais famoso do mundo criado pelo autor irlandês Bram Stoker. Segundo o The Hollywood Reporter, a cineasta chinesa vaI escrever, dirigir e produzir uma versão futurista de ficção científica de Drácula.

De acordo com o THR, este projeto, que fará parte do universo de monstros da Universal Pictures, estará muito longe das encarnações mais tradicionais e até mesmo das mais modernas feitas ao longo dos anos.

Os detalhes estão a ser mantidos no “caixão”, mas a versão de Zhao, que será produzida através da sua empresa Highwayman, é descrita como um western de ficção científica original e futurista, supostamente à margem da sociedade, tema que também abordou no seu mais recente filme lançado nos cinemas..

“Sempre fui fascinada por vampiros e pelo conceito do Outro que personificam. Estou muito animada para trabalhar com a Donna, o Peter e a equipa da Universal para reimaginar uma personagem tão amada.”, disse Zhao.

Para Zhao, este não será o primeiro trabalho de grande orçamento desde o aclamado “Nomadland”, já que tem atualmente em pós-produção o filme “Eternals“, da Marvel Studios, que está previsto estrear nos cinemas a 5 de novembro deste ano.

Esta nova visão de Drácula acontece numa altura em que a personagem prepara-se para comemorar este mês o 90º aniversário do lançamento do clássico filme da Universal protagonizado por Bela Lugosi, que só chegou às salas nacionais em 1976.

Este não é o único projeto sobre Drácula que a Universal tem em desenvolvimento, pois já tem em pré-produção “Last Voyage of the Demeter”, filme que será dirigido pelo norueguês André Øvredal, baseado num único capítulo do romance clássico de Bram Stoker, publicado em 1897, um projeto que desde 2002 ter tentado sair da escuridão.

Artigos relacionados