Cineasta norueguês André Øvredal vai dirigir o thriller de terror “Tarot”

Andre Ovredal vai dirigir o thriller de terror Tarot

O cineasta norueguês André Øvredal (Mortal) vai dirigir o novo filme de terror “Tarot“, descrito como um thriller de alto conceito que, tal como o título sugere, é baseado nas cartas de tarô utilizadas para práticas de adivinhação e interpretações.

O projeto vai ser desenvolvido pela eOne que adquiriu num aguerrido leilão os direitos do guião escrito por Jason Pagan e Andrew Deutschman, dupla de argumentistas responsáveis por filmes como “Projeto Almanaque” e “Atividade Paranormal: Dimensão Fantasma”.

Para já não são conhecidos mais detalhes sobre o enredo do filme que será produzido por Brad Fuller e Alex Ginno, através da Fuller Media. Ginno também exercerá como produtores executivo junto com Øvredal.

Além deste projeto, o cineasta norueguês está também anunciado para a realização da sequela da adaptação de “Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro”, filme que também dirigiu. Antes deste, em 2016, lançou nos cinemas “A Autópsia de Jane Doe “, provavelmente o melhor trabalho da sua carreira até ao momento.

Øvredal tem já em pós-produção outro filme de terror, “Last Voyage of the Demeter”, baseado num capítulo do livro “Drácula”, de Bram Stoker, que irá detalhar os estranhos acontecimentos que se abateram sobre a tripulação do navio que transportou o Conde Drácula, interpretado por Javier Botet, da Transilvânia para Inglaterra.

Artigos relacionados