‘Colo’, filme de Teresa Villaverde, selecionado para o Festival de Berlim

Foram revelados os primeiros títulos dos filmes selecionados para a competição oficial da 67ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, que vai decorrer entre os dias 9 e 19 de fevereiro de 2017, que irá ter como presidente do júri o cineasta holandês Paul Verhoeven (Ela).

Entre os filmes anunciados encontra-se ‘Colo’, filme da realizadora portuguesa Teresa Villaverde (Pontes de Sarajevo), produzido pela Alce Filmes e a Portugal Film – Agência Internacional de Cinema Português. João Pedro Vaz, Simone de Oliveira, Alice Albergaria Borges, Rita Blanco, Beatriz Batarda, Dinis Gomes, Ricardo Aibéo, Clara Jost e Tomás Gomes, são alguns dos atores que integram o elenco.

Num comunicado conjunto, as duas produtoras salientaram a seleção do filme para a “secção mais importante e prestigiosa deste festival, um dos mais importantes do mundo”, descrevendo ainda o filme como “uma reflexão muito atual, e quase serena, sobre o nosso caminho comum como sociedades europeias de hoje, sobre o nosso isolamento, a nossa perplexidade perante as dificuldades que nos vão surgindo, sobre a nossa vida nas cidades e dentro das nossas famílias. É um filme em tensão crescente que nunca chega a explodir”.

Além da produção nacional, foram também anunciados mais 9 filmes que irão competir pelo Urso de Ouro e 4 filmes que irão ser exibidos na Berlinale Special.

Eis a lista completa do filmes já anunciados para o programa oficial da 67ª Berlinale:

COMPETIÇÃO OFICIAL
– ‘Colo’, de Teresa Villaverde
– ‘Teströl és Lélekröl (On Body and Soul)’, de Ildiko Enyedi
– ‘Ana, Mon Amour’, de Calin Peter Netzer
– ‘Beuys’, de Andres Veiel
– ‘The Dinner’, de Oren Moverman
– ‘Félicité’, de Alain Gomis
– ‘The Party’, de Sally Potter
– ‘Pokot (Spoor)’, de Agnieszka Holland
– ‘Toivon Tuolla Puolen (The Other Side of Hope)’, de Aki Kaurismäki
– ‘Una Mujer Fantástica’, de Sebastián Lelio

EXIBIÇÕES ESPECIAIS
– ‘La Reina de España’, de Fernando Trueba
– ‘Le Jeune Karl Marx’, de Raoul Peck
– ‘Últimos Días en La Habana’, de Fernando Pérez
– ‘Acht Stunden sind kein Tag’, de Rainer Werner Fassbinder

Artigos relacionados