“Como é Sentir-se Livre”: Odisseia estreia série documental sobre seis estrelas afroamericanas

Canal Odisseia estreia a serie Como é Sentir-se Livre

As noites de sábado de 20 e 27 de novembro, às 22:30h, no canal Odisseia, vão ser dedicadas à emissão da série documental biográfica de duas partes “Como é Sentir-se Livre” (How It Feels to Be Free), que faz parte do programa “American Masters”, focado em grandes artistas e personalidades americanas.

A série vai revelar como seis mulheres negras do mundo do espetáculo desafiaram uma indústria decidida a mantê-las à margem e aproveitaram a sua fama para impulsionar o movimento dos direitos civis.

Baseada no livro “How It Feels To Be Free: Black Women Entertainers and the Civil Rights Movement”, de Ruth Feldstein, este trabalho imprescindível mostra como seis estrelas afroamericanas tiraram proveito da sua fama para mudar a história, impulsionar o movimento pelos direitos civis e remodelar a imagem de identidade da mulher negra em Hollywood.

Através de atuações e entrevistas inéditas, a série dá a conhecer as vidas de Lena Horne, cantora, bailarina e atriz; Nina Simone, cantora de jazz, blues e folk; Abbey Lincoln, vocalista de jazz, compositora e atriz; Diahann Carroll, modelo, cantora e atriz vencedora de um Tony; Cicely Tyson, atriz modelo; e a atriz Pam Grier.

Com a participação de estrelas e produtores de cinema, especialistas no tema, e com a colaboração exclusiva de Gail Lumet Buckley, a filha de Lena Horne, este trabalho reflete sobre o legado destas pioneiras que continuam a inspirar o empoderamento da mulher negra na atualidade

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *