Conheça os vencedores da 32ª edição dos Gotham Independent Film Awards

Numa cerimónia realizada ontem à noite no Cipriani Wall Street, em Nova Iorque, foram anunciados os vencedores da 32ª edição do Gotham Independent Film Awards, um evento organizado pela Gotham Film & Media Institute, a principal organização de projetos independentes, que distingue os melhores filmes e série televisivas indies.

Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo“, protagonizado por Michelle Yeoh, esteve em destaque e surpreendeu ao ganhar o prémio de Melhor Filme, levando a melhor sobre um dos grandes candidatos, “TÁR“, que partiu com cinco nomeações. Além disso, o filme da A24 conquistou ainda o troféu de Melhor Interpretação Secundária atribuído a Ke Huy Quan.

Stephanie Hsu, Michelle Yeoh e Ke Huy Quan em “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”

De referir ainda que os prémios de interpretação dos Gotham Awards não distinguem os géneros, concorrendo atores e atrizes. Na categoria de Melhor Interpretação Principal em Longa-Metragem a vencedora foi Danielle Deadwyler, pela sua atuação no drama biográfico “Till”, realizado por Chinonye Chukwu, categoria em que estava nomeada Cate Blanchett (TÁR).

No lado da TV, “Pachinko”, o drama da Apple TV+ do criador Soo Hugh, venceu o prémio de Série Revelação (mais de 40 minutos), e “Mo”, da Netflix, criado e protagonizado por Mohammed Amer e Ramy Youssef, levou o prémio Série Revelação (menos de 40 minutos). Já “We Need To Talk About Cosby”, da Showtime, recebeu o Gotham de Melhor Série de Não-Fição.

Série “Pachinko”

A cerimónia deste ano contou com prémios honorários, entre os quais Michelle Williams e Adam Sandler (tributos a artistas), Gina Prince-Bythewood, realizadora de “A Mulher Rei”, (tributo ao cineasta) e o inovador ator, cineasta e ativista Sidney Poitier, que morreu em janeiro aos 94 anos, foi distinguido postumamente com o Tributo Ícone.

Conheça a lista completa dos vencedores da 32ª edição dos Gotham Awards:

MELHOR FILME
– “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”

MELHOR DOCUMENTÁRIO
– “All That Breathes”

MELHOR FILME INTERNACIONAL
– “O Acontecimento

MELHOR REALIZADOR REVELAÇÃO
– Charlotte Wells por “Aftersun”

MELHOR ARGUMENTO
– Todd Field por “TÁR”

MELHOR INTERPRETAÇÃO PRINCIPAL EM LONGA-METRAGEM
– Danielle Deadwyler por “Till”

MELHOR INTERPRETAÇÃO SECUNDÁRIA EM LONGA-METRAGEM
– Ke Huy Quan por “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”

MELHOR INTÉRPRETE REVELAÇÃO
– Gracija Flipovic por “Murina”

MELHOR SÉRIE (MAIS DE 40 MINUTOS)
– “Pachinko” (AppleTV+)

MELHOR SÉRIE (MENOS DE 40 MINUTOS)
– “Mo” (Netflix)

MELHOR SÉRIE NÃO-FICÇÃO
– “We Need To Talk About Cosby”

MELHOR INTERPRETAÇÃO NUMA SÉRIE
– Ben Whishaw por “This Is Going To Hurt”

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados