“Correu Tudo Bem”: Drama de Francois Ozon estreia a 30 de dezembro

Estreia do filme Correu Tudo Bem

No próximo dia 30 de dezembro estreia nos cinemas portugueses o drama “Correu Tudo Bem” (Tout s’est Bien Passé), o mais recente filme do realizador francês Francois Ozon, que aborda de forma sábia a eutanásia, convidando o espectador a debater e a reflectir sobre o processo, através de um retrato emotivo entre pai e filha, e que tem a virtude de afastar a história do trágico e de a suavizar até ao momento final.

Protagonizado por André Dussollier e Sophie Marceau, o filme é uma adaptação do livro de memórias homónimo do amigo e colaborador de Ozon, Emmanuèle Bernheim, em que descreve a história real do seu pai, que lhe pediu que o ajudasse a morrer. O elenco conta ainda com Charlotte Rampling e Géraldine Pailhas.

O filme começa com um telefonema a informar Emmanuèle (Marceau) que o seu pai André Bernheim (Dussollier), de 85 anos, foi vítima de um AVC e que acaba de ser hospitalizado. Emmanuèle corre para junto do pai que, na sua cama de hospital, doente e com metade do corpo paralisado, pede à filha que o ajude a por fim à sua vida.

Entre as incessantes idas e vindas de Emmanuèle de sua casa ao hospital e diagnósticos incompreensíveis de médicos, há todo um mecanismo administrativo de uma morte anunciada e em breve programada. Mas como poderá Emmanuèle honrar tal pedido quando se trata do seu próprio pai? O filme termina como começou, com um telefonema a dizer “Correu tudo Bem”…

Assista ao trailer legendado e não perca a estreia em cinema de “Correu Tudo Bem”

Artigos relacionados