“Cretinos, a Teoria”: Provocativo documentário estreia esta noite no Odisseia

Estreia do documentário Cretinos: A Teoria no canal Odisseia

“Cretinos, a Teoria”, o provocativo documentário baseado no livro best-seller do The New York Times, “Assholes: a Theory”, do professor e filósofo Aaron James, estreia esta quarta-feira, 29 de abril, às 22:30h, em exclusivo no canal Odisseia.

Do aclamado realizador canadiano John Walker, o documentário analisa o aumento de cretinos na sociedade e os motivos pelos quais a sociedade valoriza positivamente comportamentos tóxicos, através do testemunho de diferentes personalidades como o ator John Cleese (Monty Python) e o banqueiro Paul Purcell, que procuram desmontar a corrente ascendente da “cretinice”.

Segundo a teoria de James, se no trabalho, o chefe se sente no direito de ser desagradável porque tem mais poder ou porque crê ter mais talento que os restantes trabalhadores, esse chefe não é um líder, mas sim um cretino, e o mesmo acontece com membros da família ou de um grupo de amigos. Além disto, James questiona ainda o aumento de cretinos no mundo laboral, nos governos e nos próprios lares, e põe à prova os limites da aceitação de cretinos na nossa vida.

“O mundo seria melhor sem cretinos mas não vamos livrar-nos de todos, isso é uma realidade”, afirma Aaron James, autor do relato sobre o qual se inspira esta produção, que também tenta perceber se um cretino nasce cretino ou se se torna cretino, porque é que os cretinos prosperam em certos meios, como se explica a sua perversa atratividade e porque ascendem mais rápido no mundo empresarial.

“A minha primeira motivação para fazer este documentário foi dar ferramentas à minha filha para evitar cretinos, para saber como se movimentar entre eles e não trabalhar para um cretino. Podemos dizer que se trata de um documentário ativista”, explica John Walker.

Nestes tempos de venenosas redes sociais, ressurgimento do autoritarismo e narcisismo descontrolado, o documentário investiga os campos contemporâneos de cultivo da “cultura idiota”, analisa algumas das figuras mais tóxicas da nossa sociedade e põe à prova os limites de aceitação de cretinos na nossa vida.

O canal criou ainda uma página web especial para este documentário, cretinos.pt, onde se pode habilitar a ganhar um dos 50 packs de t-shirts e canecas de “Cretinos, a Teoria”.

Artigos relacionados