“CSI: Vegas”: Franquia vai regressar com atores da série original

CSI Vegas Franquia regressa com atores da série original

CSI: Crime Sob Investigação” (CSI: Crime Scene Investigation), um dos maiores sucessos da televisão americana, comemora no próximo mês de outubro o 20º aniversario da estreia no canal CBS e pode regressar ao pequeno ecrã com uma “série de eventos”, como agora lhe chamam, intitulada “CSI: Vegas“, que funcionará como uma sequela da série mãe.

A nova série irá contar com atores do elenco original e, segundo o Deadline, dois deles já estão em negociações: William Petersen, que interpretou o Dr. Gil Grissom, e Jorja Fox, que deu vida à personagem Sara Sidle. A estes irão também juntar-se quatro novos personagem, cujo casting já está em andamento.

A ideia original, anunciada em fevereiro deste ano, era que a série de eventos servisse como forma de celebrar o 20º aniversário da estreia, um plano que foi frustrado pela paralisação da produção devido à pandemia do coronavírus.

Escrita pelo produtor e argumentista da série “Elementar”, Jason Tracey, o projeto, que apesar de ainda não foi oficialmente encomendado pela CBS, começará a ser filmado no outono, quando as condições da Covid-19 permitirem que as produções sejam retomadas com segurança.

“CSI: Vegas” abre um novo capítulo na cidade onde tudo começou: Las Vegas, em que uma brilhante equipa de investigadores forenses vai receber de volta velhos amigos e implantar novas técnicas para preservar e servir a justiça em Sin City, enfrentando uma ameaça existencial que pode derrubar o Laboratório Criminal.

“CSI: Crime Sob Investigação” começou a ser emitida no ano 2000 e foi cancelada em 2015 após 15 temporadas, sendo a série dramática mais assistida do século 21, dando origem a três spin-offs: “CSI: Miami”, “CSI: Nova Iorque” e “CSI: Cyber”, e ao filme “CSI: Immortality (2015)”, que funcionou como um final de duas horas para a série.

Artigos relacionados