“Cyberpunk 2077”: Videojogo pode ser adaptado num filme graças ao envolvimento de Keanu Reeves

Jogo Cyberpunk pode ser adaptado num filme com Keanu Reeves

Com o envolvimento de Keanu Reeves (John Wick 3 – Implacável) em “Cyberpunk 2077”, um videojogo RPG desenvolvido pela CD Projekt Red, que está previsto ser lançado a 16 de abril de 2020 nas plataformas Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, já se fala na possibilidade do game ser adaptado ao grande ecrã.

Numa entrevista à Video Games Chronical, o criador do jogo Mike Pondsmith falou acerca de uma potencial aventura cinematográfica, dizendo que ainda não pode confirmar se os direitos para um filme de Cyberpunk já foram adquiridos, confessando que o envolvimento do ator trouxe mais credibilidade ao projeto.

“Ainda não posso falar muito sobre este assunto [direitos do filme]. Mas com Keanu Reeves envolvido, é uma possibilidade muito séria”, disse Pondsmith, que quando confrontado com a pergunta se apareciam mais atores de Hollywood no jogo, limitou-se a responde: “Sem comentários”.

Pondsmith admitiu ainda que a sua franquia atinge um “ponto ideal” de enredo e ação que poderia apelar aos habituais frequentadores de cinema.

A estrela da franquia John Wick foi apresentado na E3 2019 como personagem do jogo, interpretando o lendário Johnny Silverhand, que nos seus dias de glória, foi vocalista de uma banda punk chamada Samurai. Posteriormente, Reeves afirmou que não acredita que os videojos precisem de estrelas de Hollywood para legitimarem o meio.

Anunciado em 2012, o jogo é uma adaptação do RPG de mesa Cyberpunk 2020, que estará ambientado cinquenta e sete anos depois e situado na distópica cidade de Night City, Califórnia, onde a tecnologia ultra-moderna coexiste com uma sociedade humana degenerada.

Artigos relacionados