Danny Strong será responsável pelo argumento da nova versão de Olivier Twist

Danny Strong, que fez parte da equipa de argumentistas da franquia “The Hunger Games”, foi contratado pela Walt Disney Studios para escrever o guião do remake de “Oliver!”, uma nova adaptação live-action de “Oliver Twist”, a clássica obra literária de Charles Dickens, ambientado na América atual, que vai incluir diferentes géneros musicais, incluindo hip-hop.

O romance ‘Oliver Twist’ foi escrito em 1838 e traduzido em vários idiomas, sendo adaptado pela primeira vez ao grande ecrã em 1948. A adaptação cinematográfica de 1968, dirigida por Carol Reed e estrelada por Mark Lester, Oliver Reed e Jack Wild, ganhou cinco Óscares da Academia, incluindo Melhor Filme e Melhor Realizador. Em 1960, converteu-se numa peça musical de teatro que praticamente correu o mundo inteiro, incluindo a Broadway.

Thomas Kail, que dirigiu para a Broadway o musical “Hamilton”, vai assumir a realização do filme que irá contar a história de um menino orfão que se junta a um grupo de rapazes que se dedicam a atos delinquentes em Londres, todos eles, comandados por um criminoso chamado Fagin (papel de Ice Cube) e que lhes dá proteção com o pretexto de sacar o dinheiro dos furtos dos pequenos marginais.

Um auto-confessado “nerd de teatro musical”, Strong fez a sua estreia como realizador em 2017, na longa-metragem “A Vida de Um Génio (Rebel in the Rye), a partir de um guião que escreveu baseado no livro de Kenneth Slawenski que retarta a vida do escritor J.D. Salinger.

Artigos relacionados