David Gordon Green abandonou o cargo de realizador da sequela “The Exorcist: Deceiver”

Depois de ter dirigido sem grande sucesso “O Exorcista: Crente“, o primeiro de uma nova trilogia da famosa franquia de terror, David Gordon Green decidiu abandonar o cargo de realizador da sequela “The Exorcist: Deceiver“.

Com isso, a Universal Pictures, que tinha originalmente programada a estreia para 18 de abril de 2025, retirou provisoriamente o filme do seu calendário de estreias, e foi adiado até que o estúdio consiga colmatar a vaga deixada em aberto por Green.

Segundo o The Hollywood Reporter, Green irá centrar-se na produção do seu próximo filme, “Nutcrackers”, que marcará o regresso de Ben Stiller ao grande ecrã após uma longa ausência, bem como na quarta temporada da série “The Righteous Gemstones”, da HBO Max.

Imagem do filme “O Exorcista: Crente” – © Universal Pictures

Com o adiamento da sequela, o estúdio ficou com uma data disponível que será preenchida com a estreia de “Michael”, o filme biográfico de Michael Jackson, dirigido por Antoine Fuqua, que será protagonizado por Jafaar Jackson, o sobrinho do falecido cantor.

Produzido com um orçamento a rondar os 30 milhões de dólares, “O Exorcista: Crente” arrecadou nas bilheteiras mundiais pouco mais de US$ 136 milhões, um valor que ficou abaixo das expetativas da Universal, além de não ter agradado aos críticos. No Rotten Tomatoes, o filme obteve uma classificação de apenas 22%.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados