“Demon Slayer”: Animação tornou-se o filme com maior arrecadação de sempre no Japão

Filme Demon Slayer bate recorde bilheteira Japao

Desde a sua estreia nos cinemas japoneses a 16 de outubro, o filme animado “Demon Slayer the Movie: Mugen Train” continua a “varrer” o mundo do entretenimento japonês em 2020, batendo recordes de bilheteira local.

Depois de ter arrecadado US$ 100 milhões em apenas 10 dias, a animação tornou-se no filme de maior sucesso de bilheteira de todos os tempos no Japão. Neste fim de semana de 26 e 27 de dezembro, as arrecadações totais chegaram aos US$ 313,7 milhões (32,5 mil milhões de ienes). Em apenas 73 dias, apesar da pandemia, o filme foi visto no Japão por mais de 24 milhões de espectadores.

“Demon Slayer” superou o anterior recorde que pertencia desde 2001 à clássica fantasia animada “A Viagem de Chihiro”, de Miyazaki Hayao, do estúdio Ghibli, que arrecadou US$ 305 milhões, incluindo valores das reposições nos cinemas durante este ano.

Um dos motivos que originaram a quebra do recorde tem a ver com a falta da concorrência de filmes da Disney, Pixar e outros, que nestas alturas costumam lotar as salas de cinema e que normalmente atraem adolescentes e jovens adultos. A prova está no ranking anual. Enquanto que em 2019 constavam seis produções estrangeiras na lista dos dez primeiros, este ano só aparecem dois: “Tenet” e “Parasitas“.

Adaptado de um manga com o mesmo nome, “Demon Slayer” conta a história de Tanjiro, um adolescente que vive numa região rural remota no Japão no início do século 20. Após o massacre da sua família, parte numa missão de vingança, tornando-se caçador de demónios.

Produzido pelo estúdio Ufotable e distribuído pela Toho e Aniplex, o filme está previsto chegar aos cinemas ndos EUA, Canadá e provavelmente na Europa em 2021.

Artigos relacionados