Depois de “O Pai” vem aí a história do filho. Florian Zeller está a trabalhar em “The Son”

Florian Zeller está a trabalhar em The Son

Após a auspiciosa estreia como realizador com o drama “O Pai“, filme que recebeu seis nomeações aos Óscares, o dramaturgo francês Florian Zeller já está a trabalhar num novo projeto cinematográfico.

Numa entrevista ao Deadline, via Zoom, Zeller revelou que está atualmente a terminar uma adaptação da sua última peça teatral “The Son“, que foi recebida com críticas excepcionais quando esteve em cena em Londres no ano de 2019. Além disso, o cineasta afirmou também que já sabe exatamente quem deseja para o papel protagonista, mas sem revelar o nome do ator.

“Le Fils”, título original, foi a peça que encerrou a trilogia que fica completa com “O Pai” e “A Mãe”. Desde então Zeller não escreveu nada de novo, razão pela qual declarou que este projeto é particularmente especial para ele.

“Agora sei que esta é a história que contar como filme. Está bastante claro na minha mente. A única coisa que quero fazer na verdade, é fazer ‘O Filho’… Estou a terminar o guião agora”, disse Zelle.

De acordo com a sinopse da peça, a história gira em torno de Nicolas, um jovem de 17 anos que mora com sua a mãe Anne. Pierre, o seu pai, acaba de ter um filho com a sua nova parceira, Sofia. Anne informa Pierre que o filho deles, um adolescente deprimido, não vai ao liceu há três meses. Após uma discussão entre ambos, Nicolas pede ao pai para ir viver com ele. Pierre aceita, muda-o de escola e fará tudo o que for possível para restaurar o gosto pela vida do filho.

“O Pai” está nomeado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Argumento Adaptado, Melhor Ator (Anthony Hopkins), Melhor Atriz Secundária (Olivia Colman), Melhor Montagem e Melhor Design de Produção. Com a nomeação de Hopkins, o ator britânico de 83 anos superou o recorde anterior de Richard Farnsworth, passando a ser o ator mais velho a “lutar” por uma estatueta dourada na história dos prémios da Academia.

 

Artigos relacionados