“Diamantino”: Filme de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt seleccionado para os Prémios Europeus de Cinema

Diamatino -Filme foi selecionado para os Premios Europeus de Cinema 2018

O filme português “Diamantino”, do realizador português Gabriel Abrantes e do norte-americano Daniel Schmidt, é a única produção nacional que está entre as 49 longas-metragens de 35 países, selecionadas para a 31ª edição dos Prémios Europeus de Cinema, segundo a informação disponibilizada no site oficial da EFA – European Film Awards.

Depois de ter vencido o Grande Prémio na Semana da Crítica do Festival de Cannes, no passado mês de maio, a primeira longa-metragem de ficção de Abrantes e Schmidt, foi nomeado na categoria de Melhor Comédia Europeia, onde concorre com o favorito “A Morte de Estaline“, de Armando Iannucci e “O Espírito da Festa“, de Eric Toledano e Olivier Nakache.

A organização também já anunciou os quatro filmes nomeados para a categoria de Melhor Animação Europeia: “Mais um Dia de Vida“, de Raúl de la Fuente e Damian Nenow, “A Idade da Pedra”, de Nick Park, “The Breadwinner”, de Nora Twomey e “Presa Branca”, de Alexandre Espigares.

Os mais de 3500 membros da Academia Europeia de Cinema vão escolher durante as próximas semanas os nomeados para as categorias principais, que serão anunciados no Festival de Cinema Europeu de Sevilha, em Espanha, que se realiza a 10 de novembro. A 15 de dezembro, serão revelados os vencedores dos Prémios Europeus de Cinema 2018, numa cerimónia que terá lugar também em Sevilha.

Com estreia prevista nos cinemas portugueses para 15 de novembro, a coprodução entre Portugal, Brasil e França, apresenta o ator Carloto Cotta como Diamantino, um ícone absoluto do futebol cuja carreira cai em desgraça. O elenco conta ainda com Anabela Moreira, Margarida Moreira, Carla Maciel, Cleo Tavares, Filipe Vargas e Manuela Moura Guedes.

Artigos relacionados