Disney esteve em negociações para comprar a maior parte da 21th Century Fox

Depois de ter absorvido a Pixar Animation, Marvel Studios, Lucasfilm e a Touchstone Pictures, entre outras, a Walt Disney Company está com planos para ampliar ainda mais o seu império de empresas subsidiárias. Segundo as notícias difundidas pelo canal CNBC, a 21st Century Fox pondera vender a maior parte das suas empresas para a Disney.

De acordo com aquela fonte, executivos da Disney e da Fox estiveram em conversações nas últimas semanas. As negociações foram motivadas pelas intenções da Fox em tornar-se numa empresa fortemente focada em notícias e desporto, depois de uma avaliação interna, de que não estariam com o porte necessário para concorrer no mercado do entretenimento com empresas como o Facebook, Google, Amazon e Netflix.

Assim, a empresa de Rupert Murdoch estaria apenas interessada em manter os seus canais de notícias e desporto, como a Fox News, Fox Sports e o Business Chanel. Para a Disney, esses canais não são importantes, pois já possuiu a ACB e a ESPN. As negociações abrangiam as empresas subsidiárias da Fox, como a 20th Century Fox e Blue Sky Studios, e canais como a FX Networks e National Geographic, bem como as plataformas internacionais Star e Sky.

A notícia da CNBC diz que não há certezas se as conversas realizadas levarão a um acordo e que neste momento “as duas partes não estão em negociações, mas que o assunto pode ser revisitado”.

Para a Disney, que está a preparar o lançamento do seu serviço de streaming, este suposto acordo e a inclusão do vasto catálogo da Fox, tornaria o seu serviço num grande concorrente da Netflix. Seria também a realização dos sonhos de muitos fãs, que gostariam de ver reunidos na mesma “casa”, vários personagens importantes da banda desenhada, onde estão incluídos os X-Men, Deadpool e Quarteto Fantástico, franquias de heróis da Marvel Comics, cujos direitos pertencem à Fox e que seriam incorporados no Universo Cinematográfico da Marvel.

Além disso, a Disney seria a detentora de franquias de sucesso como Alien, Predador, Planeta dos Macacos, Kingsman e, possivelmente, Avatar, cujas quatro sequelas do filme mais bem sucedido da história, estão a ser produzidas em simultâneo, com direção de James Cameron. Também a saga Star Wars voltaria ao comando da Lucasfilm, já que a Fox é a detentora dos direitos do filme original de 1977 e dos três primeiros episódios.

As duas empresas ainda não fizeram qualquer comentário oficial sobre o assunto, pelo que nos resta aguardar por novos desenvolvimentos sobre este gigantesco e bombástico negócio.

Artigos relacionados