Divulgada a programação oficial da 75ª edição do Festival de Cinema de Veneza

Programa oficial da 75_ª edição do Festival de Cinema de Veneza

Foi hoje divulgada a programação oficial da 75ª edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza, evento que vai decorrer entre os dias 29 de agosto a 8 de setembro.

Além do já anunciado filme de abertura,”O Primeiro Homem na Lua“, de Damien Chazelle, a lista da competição oficial pelo Leão de Ouro 2018 conta com títulos muito aguardados como o western “The Sisters Brothers”, de Jacques Audiard, o remake de “Suspiria”, de Luca Guadagnino, “The Favourite”, de Yorgos Lanthimos, “Roma”, de Alfonso Cuaron, “The Ballad of Buster Scruggs”, o filme dos irmãos Coen, inicialmente previsto como uma minissérie televisia e ainda “The Nightingale”, de Jennifer Kent, a única mulher na corrida pelo prémio principal.

Fora da competição, o destaque vai para a estreia de “Assim Nasce Uma Estrela“, filme dirigido e protagonizado por Bradley Cooper ao lado de Lady Gaga, que marcará presença no festival.

As produções nacionais também marcarão presença em Veneza com três filmes: “Deslembro”, de Flávia Castro vai competir na mostra Horizontes, “Domingo”, de Fellipe Barbosa, na Venice Days e “Humberto Maurio”, de Andre de Mauro, na seção Venice Classics Documentary.

David Cronenberg e Vanessa Redgrave são os homenageados desta edição, onde receberão o Prémio de Carreira. Guillermo del Toro, vencedor do Leão de Ouro no ano passado com “A Forma da Água”, será o presidente do júri da principal competição.

COMPETIÇÃO OFICIAL
– “O Primeiro Homem na Lua”, de Damien Chazelle
– “The Mountain”, de Rick Alverson
– “Doubles Vies”, de Olivier Assayas
– “The Sisters Brothers”, de Jacques Audiard
– “The Ballad Of Buster Scruggs”, de Ethan Coen e Joel Coen
– “Vox Lux”, de Brady Corbet
– “22 July”, de Paul Greengrass
– “Roma”, de Alfonso Cuaron
– “Suspiria”, de Luca Guadagnino
– “Werk Ohne Autor”, de Florian Henckel Von Donnersmarck
– “The Nightingale”, de Jennifer Kent
– “The Favourite”, de Yorgos Lanthimos
– “Peterloo”, de Mike Leigh
– “Capri-Revolution”, de Mario Martone
– “What You Gonna Do When The World’s On Fire?”, de Roberto Minervini
– “Sunset”, de Laszlo Nemes
– “Frères Ennemis”, de David Oelhoffen
– “Nuestro Tiempo”, de Carlos Reygadas
– “At Eternity’s Gate”, de Julian Schnabel
– “Acusada”, de Gonzalo Tobal
– “Killing”, de Shinya Tsukamoto

FORA DE COMPETIÇÃO – FICÇÃO
– “Assim Nasce Uma Estrela”, de Bradley Cooper
– “Mi Obra Maestra”, de Gaston Duprat
– “Un Peuple Et Son Roi”, de Pierre Schoeller
– “A Tramway In Jerusalem”, de Amos Gitai
– “La Quietud”, de Pablo Trapero
– “Shadow”, de Zhang Yimou
– “Dragged Across Concrete”, de S Craig Zahler

FORA DE COMPETIÇÃO – NÃO FICÇÃO
– “A Letter To A Friend In Gaza”, de Amos Gitai
– “Aquarela”, de Victor Kossakovsky
– “El Pepe, Una Vida Suprema”, de Emir Kusturica
– “Process”, de Sergei Loznitsa
– “Carmine Street Guitars”, de Ron Mann
– “Isis, Tomorrow. The Lost Souls Of Mosul”, de Francesca Mannocchi e Alessio Romenzi
– “American Dharma”, de Errol Morris
– “Introduzione All’Oscuro”, de Gaston Solnicki
– “Your Face”, de Tsai Ming-Liang
– “1938 Diversi”, de Giorgi Treves
– “Monrovia, Indiana”, de Frederick Wiseman
– “Una Storia Senza Nome”, de Roberto Ando
– “Les Estivants”, de Valeria Bruni Tedeschi

SECÇÃO HORIZONTES
– “Sulla Mia Pelle”, de Alessio Cremonini
– “Manta Ray”, de Phuttiphong Aroonpheng
– “Soni”, de Ivan Ayr
– “The River”, de Emir Baigazin
– “La Noche De 12 Anos”, de Alvaro Brechner
– “Deslembro”, de Flavia Castro
– “The Announcement”, de Mahmut Fazil Coskun
– “Un Giorno All’Improvviso”, de Ciro D’Emilio
– “Charlie Says”, de Mary Harron
– “Amanda”, de Mikhael Hers
– “The Day I Lost My Shadow”, de Soudade Kaadan
– “L’Enkas”, de Sarah Marx
– “The Man Who Surprised Everyone”, de Natasha Merkulova e Aleksy Chupov
– “Memories Of My Body”, de Garin Nugroho
– “As I Lay Dying”, de Mostafa Sayyari
– “La Profezia Dell’Armadillo”, de Emanuele Scaringi
– “Tel Aviv On Fire”, de Sameh Zoabi
– “Jinpa”, de Pema Tseden
– “Stripped”, de Yaron Shani

EVENTOS ESPECIAIS
– “The Other Side Of The Wind”, de Orson Welles
– “They’ll Love Me When I’m Dead”, de Morgan Neville
– “My Brilliant Friend”, de Elena Ferrante

EXIBIÇÕES ESPECIAIS
– “L’Amica Geniale”, de Saverio Costanza
– “Il Diario Di Angela – Noi Due Cineasti”, de Yervant Gianikian

Artigos relacionados